Connect with us

Assessoria | PJC-MT

Um homem acusado de violência doméstica foi preso em flagrante, em ação realizada pela Polícia Judiciária Civil na noite de terça-feira (12.03), na zona rural de Rondonópolis (212 km ao Sul). As diligências, que resultaram na apreensão de duas armas de fogo e munições, iniciaram após denúncia da própria vítima de violência doméstica.

Valdeci Pedro Ferreira, 43, foi autuado pelos crimes de ameaça e posse irregular de arma de fogo de uso permitido, na ação realizada pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DDM) com apoio do Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra) de Rondonópolis.

O suspeito foi surpreendido pelos policiais civis em uma propriedade agrícola, na Gleba Rio Vermelho, em poder de um revólver, uma espingarda e várias munições de diferentes calibres.

A prisão do suspeito ocorreu após a DDM receber denúncia de que ele praticava os crimes de ameaça e lesão corporal, contra uma jovem de 22 anos, com quem convivia há cerca de 11 meses, no sítio na Gleba Vermelha. De acordo com as informações, a vítima era sempre espancada pelo companheiro.

Leia mais:  Ação conjunta de unidades policiais bloqueia R$ 100 mil de vítima de estelionato virtual

No domingo (10.03), o suspeito saiu para trabalhar e trancou com cadeado a porteira do sítio onde moram, deixando a vítima presa no local, porém a vítima conseguiu escapar e fugir. Depois do ocorrido, o suspeito até a casa de um parente da vítima e ofendeu e fez ameaças contra toda família.

Com medo do ex-companheiro muito agressivo, a vítima procurou a Polícia Civil para pedir apoio para buscar seus pertences pessoais na casa em que residia com o suspeito. No endereço, enquanto a vítima retirava seus pertences, os policiais encontraram um revólver calibre 32 com cinco munições, outras quatro munições intactas e uma aparentemente picotada. 

Em continuidade as diligências, as equipes aguardaram o suspeito na porteira do sítio, local em que foi realizada sua abordagem. Questionado, ele indicou o local onde guardava outra arma de fogo (espingarda calibre 28).

Diante do flagrante, Valdeci foi conduzido à delegacia, interrogado e preso pelos crimes de ameaça(no âmbito da Lei Maria da Penha) e posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

 

 

 

Comentários Facebook
Advertisement

Policial

Autor de homicídio em Arenápolis é preso em flagrante pelo Polícia Civil

Published

on

Um homem apontado como autor do homicídio ocorrido na noite de quarta-feira (27.07), no município de Arenápolis (258 km a médio norte de Cuiabá), foi preso em flagrante pela Polícia Civil, durante atendimento da ocorrência.

Os investigadores de Arenápolis foram informados sobre uma situação de tortura e de homicídio por meio de arma cortante, que vitimou a pessoa de José Augusto Rodrigues de Souza, 20 anos.

Imediatamente a equipe acompanhada do delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, foram até o hospital onde a vítima havia dado entrada, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Em seguida, os policiais civis foram até o local dos fatos para obterem mais detalhes acerca do ocorrido. Durante entrevista com populares foi possivel qualificar o autor do homicídio, o qual foi localizado nas proximidades, sentado em frente de uma residência.

O suspeito foi levado até a Delegacia de Arenápolis, e no interrogatório assumiu o crime. Ele alegou que foi cercado por três indivíduos de uma facção rival, e passou a ser espancado com capacetes e uma mangueira, momento em que conseguiu sacar uma faca e golpeou a vítima.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre prisão de mulher envolvida em roubos de carga na baixada cuiabana

Conforme o delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, os indícios apontam que o homicídio decorreu da legítima defesa, pelo fato que os três homens na função de “disciplina” dariam um salve no suspeito.

Após a confecção dos autos, o preso será apresentado e colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

PM flagra infração de trânsito e prende homem com arma de fogo em Rondonópolis

Published

on

Policiais militares do 5º Batalhão em Rondonópolis prenderam um homem, de 49 anos, por porte ilegal de arma de fogo, na noite desta quarta-feira (27.07). Com o suspeito, que foi abordado após ser flagrado cometendo uma infração de trânsito, a PM apreendeu um revólver calibre .38 com cinco munições.

Por volta de 18h30, durante rondas pelo bairro Rondônia, a equipe do 5º BPM flagrou o momento em que o condutor de uma caminhonete Hilux cinza estava dirigindo o veículo falando ao celular. 

De imediato, os policiais militares realizaram abordagem ao veículo e informaram ao suspeito sobre a infração de trânsito cometida. Questionado se havia algum material ilícito no carro, o homem disse que não transportava nada ilegal.

Porém, a equipe policial realizou vistorias no veículo e encontraram a arma de fogo carregada com as cinco munições, dentro de um console próximo ao câmbio da caminhonete.

Diante da situação de flagrante, o suspeito recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Rondonópolis, onde foi registrado o boletim de ocorrência, ficando à disposição da Polícia Judiciária Civil para as demais providências cabíveis.

Leia mais:  PM e PJC desarticulam quadrilha e frustra furto à agência bancária em Vera

Disque-denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Polícia Civil prende receptador e recupera caminhão roubado da Prefeitura de Colniza

Published

on

Um caminhão roubado de funcionários da Prefeitura de Colniza (1.065 km a noroeste de Cuiabá), há aproximadamente um ano, foi recuperado pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (27.07), em uma oficina do município. Um homem que se identificou como proprietário do caminhão foi preso em flagrante pelo crime de receptação.

O caminhão, apreendido em uma ação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), estava acautelado para o município de Colniza.

O crime ocorreu em agosto de 2021, quando funcionários da Prefeitura estavam com o caminhão no distrito de Conselvan e foram abordados por criminosos armados que exigiram o veículo. Os funcionários tiveram armas apontadas para suas cabeças, sendo subtraído o caminhão, uma motosserra e roupas das vítimas.

Nesta quarta-feira (27.07), a equipe de policiais da Delegacia de Colniza receberam informações de que o veículo estava passando por manutenção em uma oficina da cidade. Com base na denúncia, os policiais foram até o local, onde constataram a veracidade das informações e apreenderam o veículo, localizado no pátio da oficina.

Leia mais:  Postos fiscalizados na operação De Olho na Bomba não apresentam irregularidades no combustível

Em continuidade as diligências, os policiais identificaram o dono do veículo, que questionado confessou ter comprado o caminhão pelo valor de R$ 100 mil, em duas parcelas de R$ 50 mil.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Colniza, onde foi interrogado pelo delegado Bruno Ferreira e autuado em flagrante por receptação. Foi arbitrada fiança ao suspeito que responderá pelo crime em liberdade.

Segundo o delegado, as investigações seguem em andamento para localizar e prender os envolvidos no crime. “Com a prisão do receptador, foi possível conseguir novas informações sobre os fatos e as diligências continuam para prender os autores do crime”, disse o delegado.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue Reading

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2018 - REDE CENTRO NORTE DE COMUNICAÇÃO LTDA-ME - CNPJ: 34.052.986/0001-65 | Peixoto de Azevedo - MT
Desenvolvido por InfocoWeb - 66 9.99774262