conecte-se conosco


Política Nacional

Brasil reafirma compromisso de ‘respeitar plenamente’ a democracia

Publicado

Ministro da Defesa assina Carta Democrática Interamericana
Reprodução: Igor Soares/ Ministério da Defesa

Ministro da Defesa assina Carta Democrática Interamericana

O Ministério da Defesa assinou nesta quinta-feira, ao lado de outros 20 países das Américas, um documento em que se compromete a “respeitar plenamente” a Carta Democrática Interamericana. Essa carta, por sua vez, afirma que “os povos da América têm direito à democracia e seus governos têm a obrigação de promovê-la e defendê-la”.

Chamado de Declaração de Brasília, o documento foi assinado ao fim da Conferência de Ministros de Defesa das América (CMDA), que está sendo realizada em Brasília.

No texto, os países também afirmam que a invasão da Ucrânia não é o “meio legítimo para resolver disputas”. Entretanto, o documento traz a ressalva de que Brasil, Argentina e México consideram que a Organização das Nações Unidas (ONU) seria o foto legítimo para discutir essa questão.

Por outro lado, Estados Unidos, Canadá, Colômbia, Equador, Paraguai, Haiti, Guatemala e República Dominicana ressaltaram sua “reprovação de maneira incisiva sobre a invasão ilegal, injustificável e não provocada da Ucrânia”.

A Carta Democrática Interamericana, assinada em 2001, afirma em seu primeiro artigo que “os povos da América têm direito à democracia e seus governos têm a obrigação de promovê-la e defendê-la” e que “a democracia é essencial para o desenvolvimento social, político e econômico dos povos das Américas”.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
publicidade

Política Nacional

Freixo provoca Castro sobre Ceperj: “Conversa com fantasma”

Publicado

Marcelo Freixo e Cláudio Castro se enfrentaram no debate da Band
Reprodução/Band

Marcelo Freixo e Cláudio Castro se enfrentaram no debate da Band

Neste domingo (7), Marcelo Freixo (PSB) e Cláudio Castro se enfrentaram no debate da Band para o governo do Rio de Janeiro. O governador fluminense criticou o trabalho do deputado federal e pediu aos seus apoiadores que buscassem saber quais emendas o parlamentar enviou para o estado.

“Entre no meu Instagram e veja as emendas do Freixo. Ele não está nem aí para você”, alfinetou Castro. Na sequência, o deputado teve a oportunidade para responder e decidiu provocar o chefe do executivo estadual.

“Já que você está pedindo para as pessoas consultarem a internet, eu vou pedir também. Entre lá no Google e bota assim: Ceperj fantasma. Vamos ver quem é Cláudio Castro, o homem que conversa com fantasma”, rebateu.

Assista ao vídeo:

Leia mais:  Comissão rejeita criação de fundo administrado pelo Sebrae para fornecer aval a microempresas

A fala de Freixo não foi feita por acaso. Na última semana, uma série de denúncias acabou sendo realizada sobre pagamentos para funcionários fantasmas da Ceperj. Na semana passada, a Justiça do Rio ordenou que o governo interrompesse as contratações temporárias e pagamento sem prévia divulgação no portal eletrônico.

A decisão aconteceu por causa da revelação de uma “folha secreta” que existe na Fundação Ceperj . Segundo a denúncia, os pagamentos somam R$ 248 milhões. O MP investiga o caso.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Vídeo – Haddad rebate Tarcísio: “Quem for ao Google, digite genocida”

Publicado

Tarcísio e Haddad se enfrentaram no debate da Band
Reprodução/Band

Tarcísio e Haddad se enfrentaram no debate da Band

Neste domingo (7), os candidatos Tarcísio de Freitas (Republicanos) e Fernando Haddad (PT) protagonizaram o primeiro grande embate no debate promovido pela Band para o governo de São Paulo. O ex-ministro da Infraestrutura pediu ao público que pesquisasse no Google qual “foi o pior prefeito da história da cidade de São Paulo”.

Na sequência, Rodrigo Garcia teve o direito de escolher um dos adversários para fazer uma pergunta e ele optou pelo nome do petista. No momento em que foi responder, Haddad aproveitou a oportunidade para rebater a declaração de Tarcísio.

“Como fui agredido pelo Tarcísio, quem for ao Google, digita genocida. Vocês vão ter uma surpresa também para saber quem matou mais de 600 mil brasileiros por não ter comprado vacina quando ela lhe foi oferecida. Pior do que isso foi cortar o auxílio emergencial antes de vacinar as pessoas. Vocês são responsáveis pela crise sanitária que nós estamos vivendo”, falou o ex-ministro da Educação.

Leia mais:  MPF denuncia Joesley, Palocci, Mantega e mais 9 por prejuízo bilionário ao BNDES

“Lamento que, na sua primeira resposta, já vim com esse tom de agressividade e falando em Deus. Deus é paz, é amor e não é esse nível de agressão. Deus é vida e proteção a vida. Você está chegando agora em São Paulo e eu te dei as boas-vindas. Vou repetir: Boas-vindas. Mas se adeque ao nosso nível de civilidade, por favor”, acrescentou o petista.

Assista ao vídeo:


Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Apoiadores cobram Pablo Marçal na sabatina do Jornal Nacional

Publicado

Candidato à presidência pelo Pros, Pablo Marçal
Reprodução/Twitter

Candidato à presidência pelo Pros, Pablo Marçal

Neste domingo (7), apoiadores de Pablo Marçal (Pros) invadiram os comentários do perfil do Jornal Nacional e pediram a presença do candidato à Presidência nas sabatinas da atração da Globo. Apesar da sua candidatura estar envolvida numa briga judicial , diversas contas realizaram a solicitação para que o presidenciável esteja na bancada.

“Cadê a data da entrevista do Marçal?”, indagou um dos apoiadores. “Que democracia é essa? Chama o Marçal”, falou uma segunda pessoa.

A sabatina do Jornal Nacional chamou os cinco primeiros colocados, seguindo dados da última pesquisa Datafolha . Desta forma, o convite foi feito para André Janones (Avante), Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PL), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Simone Tebet (MDB).

Porém, Janones anunciou na semana passada a retirada da sua candidatura para apoiar o ex-presidente Lula. Sendo assim, por Marçal ocupar a sexta colocação, seus apoiadores passaram a pedir para a Globo que ele substitua o deputado federal do Avante e fique frente a frente com William Bonner e Renata Vasconcellos.

Leia mais:  Congresso aprova R$ 1,2 bilhão para Plano Safra

No entanto, seguindo as regras, o Jornal Nacional não convidará Pablo para substituir André e apenas fará as entrevistas com Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet.

As sabatinas começarão dia 22 de agosto com o presidente da República. No dia seguinte, será a vez de Gomes, seguido por Lula e fechando com Simone.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

BRABINHO OURO INFORMA

R$ 308,54

Peixoto de Azevedo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Política Nacional

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - REDE CENTRO NORTE DE COMUNICAÇÃO LTDA-ME - CNPJ: 34.052.986/0001-65 | Peixoto de Azevedo - MT
Desenvolvido por InfocoWeb - 66 9.99774262