Connect with us

A espera está próxima do fim. Nesta quinta-feira (7) finalmente chega aos cinemas brasileiros “Capitã Marvel”, o 21º filme do Universo Cinematográfico Marvel (MCU, na sigla em inglês), se considerarmos “O Incrível Hulk” (2008) e “Homem-Aranha: De Volta ao Lar” (2017) coproduções com Universal e Sony respectivamente.

Leia também: A Guerra Santa de Steven Spielberg contra a Netflix


Capitã Marvel estreia nos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (7)
Divulgação

Capitã Marvel estreia nos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (7)

“Capitã Marvel”
 é o primeiro do estúdio, comprado pela Disney em 2011, ambientado nos anos 90 e protagonizado por uma mulher. A escolha de Brie Larson
, que superou nomes como Ronda Rousey, Natalie Dormer, Taylor Schilling e Abbie Cornish, se deu em 2016 e detonou uma das pré-produções mais demoradas do estúdio.

O longa é o pit-stop final antes de “Vingadores: Ultimato” que encerra a fase três do estúdio no cinema e deve redefinir todo o universo, que agora recebe os personagens que estavam licenciados para a FOX (Quarteto Fantástico e os mutantes).

Não é apenas uma história dos anos 90

Sim, o filme é ambientado nos anos 90 e será conhecido como um dos primeiros a trabalhar a nostalgia por aquela década depois do boom oitentista em Hollywood. Há a música, as referências cênicas (o pager de Nick Fury é um achado), mas a grande razão para o filme ser ambientado nesta década em particular é novamente rearranjar o MCU
de maneira criativa e surpreendentemente orgânica.

Leia mais:  Silvio Santos assiste a jogo de futebol com a família

Aquela cena pós-crédito de “Homem de Ferro” vai fazer muito mais sentido quando os créditos do filme de Anna Boden e Ryan Fleck subirem.

Leia também: Cinco pontos para entender a vitória de “Green Book: O Guia” no Oscar

Este é um filme feminista sim…


Jude Law e Brie Larson em cena do filme
Divulgação

Jude Law e Brie Larson em cena do filme

… E tinha que sê-lo! O longa, todavia, o é de uma maneira muito leve e bem urdida. Sem entalar na militância. Repare na relação de Carol Danvers (Larson), que inicialmente atenderá pelo nome de Vers com seu mentor Yon-Rogg (Jude Law). Ali reside todo um comentário sobre homens controlando mulheres e mulheres se libertando desse controle – e tudo de uma maneira que se ajusta tanto à trama como ao status quo.

#secuidaThanos

Demorou muito para a Marvel fazer um filme sobre uma super-heroína, não é mesmo Viúva Negra? E não acredite nas versões oficiais que o estúdio vai despachar por aí. Todavia, existe uma razão muito clara para Carol Danvers chegar na festa só agora. Ela é uma arma nuclear que viaja na velocidade da Luz muito mais poderosa do que qualquer vingador. Parafraseando Kevin Feige, o presidente da Marvel Studios em declaração recente, as possibilidades são infinitas. Mas daqui pra frente. Antes Thor e Tony Stark não teriam pelo que inflar seus egos.

Leia mais:  Nando Reis lançará novo single com cantor Jão

O clímax do filme não é bom

Essa é um problema dos ditos filmes menores da Marvel. Sim, estamos falando de você “Homem-Formiga”. O clímax deixa a desejar. A sensação eu fica é que as partes que vieram antes – e até a cena final (PRINCIPALMENTE a primeira cena pós-crédito) – são melhores. É uma bagagem ruim para um filme tão significativo e esperado suportar.

Leia também: Filmado com iPhone, “High Flying Bird” devassa bastidores da NBA

Marvel Wars?


Um Skrull em destaque
Divulgação

Um Skrull em destaque

Depois de “Guardiões da Galáxia”, “Capitã Marvel”
abre um novo horizonte para o estúdio no espaço e a presença de Ronan (Lee Pace), visto antes justamente no primeiro “Guardiões” é a maior prova disso. Skrulls e Krees têm potencial para cativar a audiência não familiarizada com as HQs e serem fiadores de uma expansão do estúdio por galáxias e dimensões.

Comentários Facebook
Advertisement

Entretenimento

Monica Benini, esposa de Júnior Lima, passa por cirurgia de emergência

Published

on

Monica Benini e Junior Lima estão juntos desde 2013
Reprodução/Instagram

Monica Benini e Junior Lima estão juntos desde 2013

Monica Benini, esposa de Júnior Lima, contou que foi operada às pressas neste fim de semana após sofrer com fortes dores abdominais. A influenciadora contou nesta terça-feira (5) que passou mal e precisou ir às pressas ao pronto-socorro. 

“Para servir de alerta para a gente nunca camuflar as dores que sentimos, sempre checar e nunca se automedicar”, disse no texto, que explica o acontecido. Segundo Monica, os sintomas começaram leves e se agravaram. 

“De domingo para segunda, comecei a sentir uma sensação de azia. Ontem a dor começou a aumentar e estava brincando com o Otto e não consegui caminhar direito. Quase desmaiei. Liguei por Junior e ele veio correndo… Pensei: se estou sentindo dores que nunca senti é porque está acontecendo alguma coisa”, disse.

Leia mais:  Rafinha Bastos aponta hipocrisia no BBB 22 e sai em defesa de Luciano

Após bateria de exames, ela descobriu que estava com apendicite. “Não ando só. Obrigada, anjo da guarda”, afirmou ela. 


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue Reading

Entretenimento

David Harbour diz ter passado fome em preparação de ‘Stranger Things’

Published

on

Ator perdeu 36 quilos para a mudança do personagem
Reprodução 05.07.2022

Ator perdeu 36 quilos para a mudança do personagem

David Harbour, intérprete de Jim Hopper em “Stranger Things”, admitiu que passou fome para perder 36 quilos entre a terceira e quarta temporadas da série da Netflix. 

Em entrevista ao “BBC Breakafast”, David contou que o processo foi difícil para ele. “Não é fácil. É [necessário] muito tempo sem comer para perder tanto peso, passar fome”, contou o ator de 47 anos.

“Esse é o segredo. Se você ficou curioso sobre o segredo da dieta, é só não comer comida”, brincou. Apesar da brincadeira, qualquer dieta deve ser recomendada por um profissional. O ator detalhou que pesava 122 quilos e na temporada atual, 86. 

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Leia mais:  Rafinha Bastos aponta hipocrisia no BBB 22 e sai em defesa de Luciano
Continue Reading

Entretenimento

Ex-empresária de Britney Spears é acusada de envolvimento em tutela

Published

on

Britney Spears em casamento com Sam Asghari
Reprodução/Instagram 29.06.2022

Britney Spears em casamento com Sam Asghari

Britney Spears está processando a ex-empresária Lou Taylor, alegando que ela teve envolvimento no processo de tutela que durou 13 anos e acabou ano passado. Nesta terça-feira (5), documentos divulgados por Liz Day, do New York Times, mostram que a empresa de Lou, Tri Star, ganhou US$ 18 milhões com a tutela, quase R$ 100 milhões. 

Em documentos judiciais divulgados pela repórter, advogados de Britney acusam Tri Star de mentir ao afirmar que não desempenharam nenhum papel na criação da conservadoria, comandada pelo pai de Britney, Jamie Spears. 

Mathew Rosengart, advogado da cantora, alega que Lou Taylor  “auxiliou na criação da tutela, ajudou a facilitar a tutela e procurou ter a Tri Star instalada como co-conservadora”. Ele mostra trocas de e-mail Lou para Jamie e outros advogados do pai da cantora, duas semanas antes da aplicação da conservadoria, datados de janeiro de 2008. 

Leia mais:  Apresentadora pede demissão da Globo após 23 anos: "Ciclo acabou"

“Eu falei com as meninas sobre Andrew Wallet, ele e a Tri Star cooperarão com você”, diz o e-mail. Dois dias antes do início da tutela, o advogado de Jamie Spears mandou um e-mail para Lou Taylor.

“Encontramos um problema com nossa seleção de juízes… aquele [juiz] que não dará a Jamie o poder de administrar drogas psicotrópicas a Britney”, diz o e-mail, sugerindo que a ideia era de drogar a cantora. 

Para o portal Page Six, um dos advogados da Tri Star afirma que os e-mails são “materialmente enganosos”. “Como todas as evidências deixam bastante claro, a tutela foi criada por recomendação do advogado, não Tri Star, e aprovado pelo tribunal há mais de 12 anos”, afirmou. 

“Na verdade, a Tri Star nem era a gerente de negócios da tutela quando foi criada (…) Excertos de e-mails escolhidos a dedo não podem mudar os fatos, e é por isso que esse absurdo terminará de uma vez por todas quando os registros forem abertos”, apontou.

Britney prometeu processar a empresa em fevereiro, acrescentando na publicação do Instagram que o pai “adorava” Lou Taylor. A tri Star deixou de ser gerente dos negócios da cantora em novembro de 2020. O advogado de Britney alega que a empresa enriqueceu às custas da cantora. 

Leia mais:  Rafinha Bastos aponta hipocrisia no BBB 22 e sai em defesa de Luciano

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue Reading

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2018 - REDE CENTRO NORTE DE COMUNICAÇÃO LTDA-ME - CNPJ: 34.052.986/0001-65 | Peixoto de Azevedo - MT
Desenvolvido por InfocoWeb - 66 9.99774262