conecte-se conosco


Política Nacional

Extinção do Mais Médicos será debatida com ministro da Saúde na CAS

Publicado

A extinção do Programa Mais Médicos deverá ser explicada pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em audiência pública da Comissão de Assuntos Sociais (CAS). O senador Rogério Carvalho (PT-SE) é autor de requerimento nesse sentido, aprovado pela comissão nesta quarta-feira (13).

Na justificação do requerimento, o senador lembra que o governo federal anunciou o encerramento do Mais Médicos e sua substituição por outro programa. Ele cita informações dadas pela secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do ministério, Mayra Pinheiro, confirmando que não serão feitos novos editais após a última seleção. De qualquer modo, os médicos em atuação poderão continuar em seus postos de trabalho pelos três anos de duração do contrato.

O Mais Médicos foi criado em 2013 pela então presidente da República Dilma Rousseff. Rogério Carvalho assinalou no requerimento a avaliação positiva por parte da população. “Pesquisa da UFMG/Ipespe identificou que 95% dos usuários disseram estar satisfeitos ou muito satisfeitos com a atuação do médico do Mais Médicos. Entre as razões dessa avaliação positiva, 85% afirmaram que a qualidade do atendimento melhorou; 87%, que o médico é mais atencioso; e 82%, que a consulta agora resolve melhor seus problemas de saúde”, observou o parlamentar.

Leia mais:  Parlamentares estão em Roraima para apurar denúncias de ataques a ianomâmis

A data da audiência pública ainda será agendada pela CAS. Na ocasião, o ministro também deverá abordar o modelo de atuação complementar da União para a atenção básica em serviços de saúde.

Diretrizes

Luiz Henrique Mandetta também deverá ser convidado pela CAS para prestar informações sobre a política e diretrizes do Ministério da Saúde para os próximos anos.

O requerimento para o convite foi apresentado pelo presidente do colegiado, o senador Romário (Pode-RJ), e também foi aprovado nesta quarta. A data da audiência será marcada de acordo com a disponibilidade de agenda do ministro.

Comentários Facebook
publicidade

Política Nacional

Processo Legal

Publicado

A Comissão de Fiscalização e Controle (CFTC) do Senado aprovou requerimento para realização de audiência sobre violação de devido processo legal, direitos e garantias individuais e sistema acusatório.

Mais informações a seguir

Fonte: Agência Senado

Comentários Facebook
Leia mais:  Indicação ao CNJ
Continue lendo

Política Nacional

Tiririca perde numeração para Eduardo Bolsonaro após guerra interna

Publicado

Tiririca perdeu sua numeração para Eduardo Bolsonaro
Reprodução

Tiririca perdeu sua numeração para Eduardo Bolsonaro

O deputado federal Tiririca saiu derrotado na disputa interna com o colega Eduardo Bolsonaro para a escolha do número para a eleição que ocorrerá em outubro. O humorista queria concorrer com a numeração “2222”, mantendo a tradição desde 2010, mas o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, optou por entregar a identificação para o filho do presidente Jair Bolsonaro.

A confusão começou em maio, quando Tiririca afirmou publicamente que o partido iria retirar sua numeração para entregar ao filho número 03 do chefe do executivo federal.

“Sem meu número, o ‘2222’, eu não saio candidato. Estou super chateado, achei uma falta de respeito do partido. Quando precisaram de mim, ajudei a eleger um monte de deputado”, desabafou o comediante na ocasião.

A reclamação não era por acaso. O entendimento dentro da sigla é que o “2222” é muito fácil de ser memorizado e isso permite que o candidato seja favorecido. Por isso o humorista entrou em guerra interna com Eduardo.

Leia mais:  Mercado de criptomoedas

Após um período de negociações, Tiririca aceitou em entregar a identificação para o deputado Bolsonaro e concorrer com a identificação “2255”.

O humorista foi o parlamentar mais votado em 2010, alcançando 1.353.798, e o segundo em 2014, conquistando 1.016.796. Já Eduardo atingiu o primeiro lugar em 2018, recebendo 1.843.735.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Marcos Valério

Publicado

A Comissão de Fiscalização e Controle aprovou a realização de audiência pública para ouvir o publicitário Marcos Valério, condenado no Mensalão, que deve esclarecer declarações dadas em depoimento à Polícia Federal. (REQ 45/2022)

Mais informações a seguir

Fonte: Agência Senado

Comentários Facebook
Leia mais:  CRE debaterá com ministro Marcos Pontes o acordo que permite aos EUA uso da Base de Alcântara
Continue lendo

BRABINHO OURO INFORMA

R$ 308,54

Peixoto de Azevedo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Política Nacional

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - REDE CENTRO NORTE DE COMUNICAÇÃO LTDA-ME - CNPJ: 34.052.986/0001-65 | Peixoto de Azevedo - MT
Desenvolvido por InfocoWeb - 66 9.99774262