Connect with us

Clubes se encaram nesta quinta-feira em São Januário. Cariocas ainda não perderam no ano e catarinenses miram resultado positivo para confronto da volta

Vasco vence o Serra por 2 a 0 em Cariacica e avança na Copa do Brasil

Créditos: Carlos Gregório Júnior/Vasco

Atenções voltadas para a Copa do Brasil! Nesta quinta-feira (14), o Vasco da Gama recebe o Avaí às 21h30 (horário de Brasília), em confronto válido pela terceira fase do torneio nacional. 

Na atual temporada, o Vasco da Gama segue sem saber o que é perder. Até o momento, foram 12 jogos, nove vitórias e três empates do Gigante da Colina. A marca é extremamente positiva, mas o técnico vascaíno Alberto Valentim prefere manter a cautela para o duelo, especialmente por conhecer bem o técnico Geninho, com quem trabalhou nos tempos de jogador.

– Temos que mudar a chave, pois agora é uma outra competição, com regulamento diferente. Precisamos estar bem atentos nesse jogo difícil que teremos contra o Avaí. É uma equipe que possui um técnico muito experiente. Já tive o prazer de ser treinado pelo Geninho e sei como ele sabe montar muito bem os times que comanda. Além disso, o Avaí possui jogadores experientes no sistema defensivo e um ataque muito veloz. Precisamos ter muito cuidado – disse Valentim.

Na Copa do Brasil 2019, o Vasco estreou com empate por 2 a 2 diante da Juazeirense-BA, avançando à segunda fase por ser mais bem colocado no Ranking Nacional de Clubes da CBF. Já na segunda fase, o Gigante da Colina eliminou o Serra-ES ao vencer fora de casa, por 2 a 0.

Leia mais:  Copa do Brasil Sub-20: Vasco elimina o Tubarão-SC e está nas quartas

Avaí vive semana de decisões

Os cariocas serão o primeiro desafio do Avaí na semana. Além do duelo diante do Vasco, o clube catarinense tem um clássico diante do Figueirense pela frente, no domingo (17), válido pelo Campeonato Catarinense. Titular na equipe do técnico Geninho, o volante Matheus Barbosa destacou o peso dos torneios para o Leão, além do desafio de dar fim à invencibilidade carioca na temporada.

– São dois torneios importantes para nós. A Copa do Brasil, não só pelo lado financeiro, mas também por ser um dos principais campeonatos do país, que reúne grandes equipes. Um passo de cada vez, por isso nosso foco está no jogo de amanhã, contra o Vasco. Será uma partida bem complicada, eles vivem bom momento e ainda não perderam na temporada. Temos que jogar com inteligência e trazer uma boa vantagem para o jogo da volta, na nossa casa – analisou Matheus.

Antes de chegar à terceira fase, o Avaí garantiu duas vitórias na Copa do Brasil. Logo na estreia, o Leão goleou o Real Ariquemes por 4 a 1, fora de casa. No último confronto, os catarinenses superaram o Brasil-RS por 2 a 0.

Os números do confronto

Até o momento, Vasco da Gama e Avaí se enfrentaram em 22 ocasiões (incluindo amistosos, 15 jogos oficiais). O retrospecto é favorável aos cruz-maltinos: são 12 vitórias do Gigante da Colina, quatro empates e seis triunfos do Leão.

Leia mais:  Goiás faz último treino antes de enfrentar o Avaí pelo Brasileirão

Na Copa do Brasil, foram apenas dois confrontos – mas estes certamente despertam boas memórias na torcida carioca. Após um 0 a 0 na ida em São Januário e um triunfo por 2 a 0 na Ressacada, em 2011, o Vasco despachou os catarinenses e avançou à decisão da competição nacional. Posteriormente, diante do Ceará, o Cruz-Maltino garantiu seu único título do torneio até hoje.

Mudanças no regulamento

A partir da terceira fase da Copa do Brasil, as vagas nas etapas seguintes serão definidas em confrontos de ida e volta. Caso haja um empate na soma dos placares ao final dos dois jogos, o critério de desempate é o maior saldo de gols. Se a igualdade permanecer, a classificação será determinada após cobranças de pênalti.

Quanto vale a classificação?

A partir da terceira fase da Copa do Brasil, as cotas financeiras são as mesmas para os grupos 1, 2 e 3 de clubes. Quem avançar à quarta fase garante R$1.9 mi nos cofres. A relação completa de clubes e valores está disponível para consulta no site da CBF.

O canal SporTV transmite a partida, que será no estádio São Januário, no Rio de Janeiro. O trio de arbitragem do duelo é composto pelo árbitro Flavio Rodrigues de Souza, assistido por Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa; todos são de São Paulo.

<!–

–>



Comentários Facebook
Advertisement

Esportes

São Paulo sofre mais se classifica para a semifinal da Copa do Brasil

Published

on

Na noite desta quinta-feira (18.08), o São Paulo enfrentou o América mineiro, no Estádio Independência, em Belo Horizonte, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil 2022, e com o resultado de 2 a 2, com gols marcados por Luciano, se classificou para a próxima fase da competição!

O Tricolor, escalado pelo técnico Rogério Ceni, começou o jogo com o Jandrei, de volta à meta após contusão; Diego, Miranda e Léo, na defesa; Igor Vinícius, Pablo Maia, Rodrigo Nestor, Igor Gomes e Reinaldo, na linha média e, por fim, Luciano e Calleri no ataque.

Mesmo fora de casa, o São Paulo começou melhor a partir e fez valer a posse de bola aos 22 minutos, quando construiu boa jogada pela direita: Nestor passou para Luciano, que finalizou, de canhota, com categoria, para as redes: 1 a 0!

Pouco depois, os tricolores quase ampliaram em chance criada por Luciano: Reinaldo tentou o arremate duas vezes, mas a bola foi para fora. No ataque seguinte, Calleri encontrou Luciano na corrida e lançou com perfeição. O camisa 11 são-paulino driblou o zagueiro e tocou com maestria no canto esquerdo do goleiro: 2 a 0!

Perto do fim da etapa inicial, em um cruzamento na área do Tricolor, foi marcado pênalti para o América, após revisão do VAR em lance de bola no braço de Reinaldo. O time mandante descontou o placar com o Wellington Paulista: 2 a 1.

Leia mais:  Goiás faz último treino antes de enfrentar o Avaí pelo Brasileirão

No início do segundo tempo, Miranda foi expulso pelo segundo cartão amarelo. Luciano deu lugar a Nikão e Welington substituiu Reinaldo, aos 16 minutos. Pouco depois, o América empatou a partida, com Everaldo: 2 a 2.

Para dar novo gás ao meio de campo, Alisson rendeu a Igor Gomes, aos 27 minutos; Patrick, na vaga de Calleri, e Rafinha, na de Igor Vinícius, ambas aos 37 minutos, completaram as substituições do técnico Rogério Ceni.

Ainda que com um a menos, e com as decisões contrárias da arbitragem, a equipe são-paulina soube manter o resultado que lhe era favorável até aos 53 minutos do segundo tempo, quando soou o apito final. O São Paulo está classificado para a semifinal da Copa do Brasil 2022!

O próximo jogo do São Paulo é contra o Santos, domingo (21), às 19 horas, no Estádio da Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. Já o sorteio dos mandos do embate contra o Flamengo, pela Copa do Brasil, ocorrerá nesta sexta-feira, dia 18.

AMÉRICA-MG 2 x 2 SÃO PAULO

Leia mais:  Palmeiras vence o Junior e encaminha classificação

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 18/08/2022 (quinta-feira)
Horário: 21h

São Paulo: Jandrei; Diego, Miranda e Léo; Igor Vinícius (Rafinha, 37/2), Pablo Maia, Rodrigo Nestor, Igor Gomes (Alisson, 27/2) e Reinaldo (Welington, 16/2); Luciano (Nikão, 16/2) e Calleri (Patrick, 37/2). Técnico: Rogério Ceni

Gols: Luciano, 22/1; Luciano, 29/1

América Mineiro: Matheus Cavichioli; Éder, Iago Maidana (Matheusinho, intervalo) e Ricardo Silva; Raúl Cáceres, Juninho, Alê (Henrique Almeida, 21/2) e Danilo Avelar; Pedrinho, Wellington Paulista e Everaldo. Técnico: Vagner Mancini

Gols: Wellington Paulista (pênalti), 43/1; Everaldo, 19/2

Cartões amarelos: Everaldo, 2/1; Luciano, 23/1; Miranda, 49/1 e 12/2; Alê, após o fim do 1º tempo; Matheusinho, 35/2; Éder (América), 35/2; Igor Vinícius, 37/2; Danilo Avelar, 49/2

Cartão vermelho: Miranda, 12/2

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Fabricio Vilarinho da Silva (GO)
Quarto Árbitro: Vinicius Gomes do Amaral (MG)
Árbitro de Vídeo: Adriano Milcvzvski (PR)
AVAR: Luciano Roggenbaun (PR)
Observador de VAR: Pericles Bassols Pegado Cortez (SP)

Fonte: Agência Esporte

Comentários Facebook
Continue Reading

Esportes

Vasco tropeça e perde chance de dormir vice-líder da Série B

Published

on

O Vasco manteve a sina de não jogar bem fora de casa nesta Série B. Pela 25ª rodada, foi a Maceió encarar o CSA na noite desta quinta-feira (18.08) e saiu do Rei Pelé com uma derrota por 2 a 0. Lucão e Lucas Barcelos marcaram os gols do jogo.

Esta foi a quarta derrota seguida do Vasco jogando fora de casa. Assim, o Cruzmaltino permanecerá na quarta posição ao final da rodada, com 42 pontos. Além disso, o resultado impede que o time carioca termine o dia na vice-liderança do torneio. Do outro lado, porém, o CSA deixou a zona do rebaixamento e pulou para a 16ª posição, com 26 pontos.

Na próxima rodada, o Vasco voltará a jogar fora de casa ao enfrentar o Bahia na Arena Fonte Nova, em confronto direto dentro do G4. O CSA, por sua vez, visitará o Brusque, em Santa Catarina.

Defesa do Vasco falha e CSA pula na frente

Com apenas um minuto de jogo o CSA já estava na frente no placar no Rei Pelé. A equipe alagoana iniciou a partida no ataque e, no segundo escanteio, Igor cobrou pela direita do ataque e levantou na área. O zagueiro Lucão deixou a marcação no caminho e cabeceou certeiro no canto de Thiago Rodrigues.

O Cruzmaltino demorou um pouco mas se recuperou do susto e, assim, passou a dominar a posse de bola. Mas o CSA explorava os contra ataques em velocidade e em uma nova falha da defesa, ampliou. Aos 24, Lucas Barcelos é lançado pelo meio e o zagueiro Danilo Boza teve a chance de interceptar o passe. Num lance bisonho, o vascaíno se atrapalhou com a bola e o atacante do CSA partiu em direção ao gol. Na saída de Thiago Rodrigues, Lucas Barcelos tocou com categoria e encobriu o goleiro.

Leia mais:  Copa do Brasil Sub-20: Vasco elimina o Tubarão-SC e está nas quartas

O segundo gol abalou o Vasco, que não conseguia agredir o adversário e continuou exposto aos contra-ataques. Aos 41, quase saiu o terceiro. Gabriel recebeu aberto na direita e cruzou rasteiro na área. Yann Rolim entrou pelo meio e bateu de primeira, mas Thiago Rodrigues salvou o Cruzmaltino com uma defesa sensacional.

CSA leva perigo e resultado ficou barato para o Vasco

O CSA voltou para o segundo tempo sem o meia Gabriel, que sentiu lesão no tornozelo e foi substituído pelo volante Rickson. Mas a formação mais defensiva não mudou o panorama em campo e em menos de dez minutos os alagoano já haviam chegado perto do terceiro gol por duas vezes.

Lucas Barcelos quase fez mais um com um minuto. O chute cruzado da direita, entretanto errou o alvo e saiu rente à trave. Aos seis foi a vez de Yann Rolim receber livre na área um cruzamento de Diego Renan e chutar de primeira. Mais uma bola para fora.

O Vasco, no entanto, cresceu depois dos 10 minutos e passou a pressionar o CSA em seu campo. Apesar do volume de jogo, a equipe de Emílio Faro tinha dificuldade na armação das ações ofensivas e abusava das bolas cruzadas na área.

Leia mais:  Roger Machado comanda treino fechado para duelo diante do Ypiranga
FICHA TÉCNICA

CSA-AL 2 X 0 VASCO-RJ

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: Quinta-feira, 18 de agosto de 2022
Horário: 20h00 (Brasília)
Árbitro: Paulo César Zanovelli da Silva (MG)
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG/VAR-Fifa)
Cartões amarelos: Elton, Geovane, Rickson (CSA); Danilo Boza (Vasco)
Gols: Lucão, a 1 min, Lucas Barcelos, aos 24 min do 1º tempo

CSA: Marcelo Carné, Igor, Werley Lucão e Diego Renan; Geovane (Ferreira), Giva Santos, Yann Rolim (Rogério) e Gabriel (Rickson); Lucas Barcelos (Osvaldo) e Elton (Rodrigo Rodrigues)
Técnico: Roberto Fernandes

VASCO: Thiago Rodrigues, Matheus Ribeiro, Danilo Boza, Anderson Conceição e Edimar (Paulo Victor); Yuri Lara, Andrey dos Santos e Nenê (Palacios); Alex Teixeira (Fábio Gomes), Raniel (Eguinaldo) e Figueiredo (Bruno Tubarão)
Técnico: Emílio Faro (Interino)

Fonte: Agência Esporte

Comentários Facebook
Continue Reading

Esportes

Anderson Conceição pede concentração total em desafio contra o CSA

Published

on

Pensando na partida contra o CSA (AL), nesta quinta-feira (18.08), o Vasco da Gama treinou forte, na tarde de terça-feira (16) no CT Moacyr Barbosa, na Cidade de Deus.

O treinador interino Emílio Faro aproveitou a oportunidade para fazer ajustes na equipe, que não terá o zagueiro Quintero, suspenso, e o meio-campista Marlon Gomes, machucado.

Antes da movimentação, em entrevista coletiva, o zagueiro Anderson Conceição avaliou o momento vivido pelo Gigante da Colina no Campeonato Brasileiro. Em quarto lugar com 42 pontos, o Almirante possui oito pontos a mais que o Londrina, que atualmente ocupa a quinta colocação do torneio nacional.

– Cada jogo é muito importante, faltam só 14 para o nosso objetivo. Não podemos ter mais oscilação, é ter bastante concentração, principalmente no próximo jogo. É um adversário complicado, com novo treinador, já trabalhei com o Roberto Fernandes, que é um técnico que quando está nessa situação motiva muito o time dele. Tenho certeza que será um jogo muito complicado, então temos que nos preparar muito para sair com os três pontos – disse o camisa 4, acrescentando na sequência.

Leia mais:  Copa do Brasil Sub-20: Vasco elimina o Tubarão-SC e está nas quartas

– A gente jogou com o CRB no primeiro turno e teve recepção, alguns torcedores estavam no aeroporto e no hotel. Chegamos umas 2h da manhã e tinha gente lá. Onde quer que a gente vá jogar sempre tem essa energia da torcida do Vasco, em qualquer lugar do Brasil, e quinta-feira não vai ser diferente. A carga de ingressos que tiver para a torcida vai esgotar no Rei Pelé para empurrar o time em busca da vitória – afirmou o experiente defensor.

Diante do Azulão do Mutange, em virtude da suspensão do colombiano Quintero, a tendência é que Danilo Boza esteja entre os titulares. O camisa 26 conta com a confiança do capitão cruzmaltino.

– Ele entrando no lugar do Quintero não tem diferença nenhuma. Ele é um cara que agrega muito. Jogando ele e eu, ele e Quintero, os dois juntos, está ótimo. Ele é muito focado, muito profissional, está jogando muito bem. Nosso entrosamento já está bastante adaptado e que a gente possa fazer um grande jogo na quinta-feira. Claro que ele não joga há um tempo, não vinha tendo sequência, mas é um cara que sempre quando entra dá conta do recado – concluiu Anderson Conceição.

Fonte: Agência Esporte

Leia mais:  Elenco se reapresenta e treina para a Copa do Brasil

Comentários Facebook
Continue Reading

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2018 - REDE CENTRO NORTE DE COMUNICAÇÃO LTDA-ME - CNPJ: 34.052.986/0001-65 | Peixoto de Azevedo - MT
Desenvolvido por InfocoWeb - 66 9.99774262