Connect with us

Kia Niro é um dos grandes destaques no exterior. E deverá chegar ao Brasil a partir de setembro
Divulgação

Kia Niro é um dos grandes destaques no exterior. E deverá chegar ao Brasil a partir de setembro

Junto do lançamento do novo Kia Sportage, a marca coreana anuncia que vai trazer as novas gerações dos SUVs Niro e Sorento, ambas em versões híbridas. O próprio representante da empresa coreana no Brasil, José Luiz Gandini, afirma que a estratégia é manter o Brasil em pé de igualdade com os mercados dos outros países.

Tudo indica que o Niro chegará a partir de setembro, e o Sorento em 2023. Ambos chegarão em versões híbridas e com motor 1.6 a combustão, que somado ao elétrico , produzem entre 139 cv e 180 cv, dependendo da versão.

Leia mais:  Multa por dirigir sem cinto: 4º lugar entre infrações mais cometidas

O Sorento vem com o mesmo conjunto do Niro, mas produz 230 cv e 35,7 kgfm de forma combinada. O câmbio é sempre automático de seis marchas e tração integral. Tão importante quanto os dois modelos acima é o Kia Cerato , que também foi citado pelo presidente da Kia do Brasil, Jóse Luiz Gandini.

O sedã deverá ganhar uma reestilização, junto da novidade confirmada para ele, que é a substituição de seu motor 2.0 aspirado por um equipado com turbocompressor. Só falta sabermos se será o motor 1.4 turbo (130 cv e 21,5 kgfm) ou 1.6 turbo (204 cv e 27 kgfm) , ambos existentes fora do Brasil. Certo mesmo é que chegará movido apenas a gasolina, num primeiro momento. Isso porque a versão bicombustível ainda está para se desevolvida.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Advertisement

Carros e Motos

Nico Rosberg recebe seu carro elétrico de quase 2000 cv

Published

on

Rosberg ao lado do seu Rimac Nevera, capaz  de acelerar de 0 a 100 km/h em 2 s e atingir 412 km/h
Reprodução/Instagram

Rosberg ao lado do seu Rimac Nevera, capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 2 s e atingir 412 km/h

Após sair da Fórmula 1 com o título da temporada 2016, Nico Rosberg se tornou defensor da mobilidade elétrica e investidor no setor, principalmente em competições.

Agora, o ex-campeão de F1 foi até a Croácia onde pôde receber o primeiro Rimac Nevera já produzido, e aproveitou para fazer um test-drive ao lado do fundador da fabricante, Mate Rimac.

O Nevera terá a produção limitada a 150 unidades, e com o preço na casa dos US$ 2.5 milhões (US$ 12,8 milhões), o de Rosberg conta com a assinatura do ex-piloto.

O novo hipercarro de Rosberg é equipado com um pacote de baterias de 120 kWh que entrega energia para quatro motores elétricos, posicionados em cada roda.

Leia mais:  Limpador de Pneus em gel limpa, dá brilho e não sai com água

Somados, os motores entregam 1913 cv de potência e 240,65 kgfm de torque entregues de forma instantânea. O hipercarro croata é capaz atingir os 100 km/h em cerca de 2 segundos e a velocidade máxima é de 412 km/h.

O primeiro contato de Rosberg com sua nova aquisição foi com Mate Rimac no banco do passageiro, e não exploraram apenas a aceleração do modelo, e foram até estradas sinuosas da Croácia testar as capacidades de direção do carro.

Embora seja um carro pesado, de 2.150 kg, o Nevera impressiona Rosberg com o alto nível de aderência que o modelo apresenta ao fazer curvas.

O ex-campeão ainda aproveitou para brincar com o fundador da empresa, ao acionar o querer fazer drift em uma curva, e o executivo respondeu de forma assustada: “Claro, contanto que eu não esteja no carro. Você tem que se acostumar primeiro”.

Rosberg filmou seu contato com seu novo carro e o vídeo está disponível em inglês no canal do ex-piloto alemão no Youtube.

Leia mais:  Testamos a ‘Escova Tira Pelo’, própria para carpete e tecidos de autos

Durante o vídeo, Rimac explica um artifício interessante do sistema de freio do Nevera. Quando o modelo é conduzido no “Modo Pista”, os sistemas do carro monitoram a temperatura dos freios regenerativos e dos freios mecânicos.

Dependendo da temperatura das baterias, o nível de regeneração é ajustado para priorizar o freio mecânico, ou caso os discos e pastilhas de freio esquentem, o freio regenerativo será usado com maior frequência.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue Reading

Carros e Motos

Harley-Davidson lança pintura Apex inspirada em versões de corrida

Published

on


Modelos da marca norte-americana podem vir com pintura preta com detalhes laranjas
Divulgação

Modelos da marca norte-americana podem vir com pintura preta com detalhes laranjas

A Harley-Davidson anunciou recentemente uma nova opção de cor para modelos Harley-Davidson Grand American Touring, inspirada na história de corrida da marca, em especial a lendária motocicleta de corrida Harley-Davidson XR750.

Chamada de ‘pintura personalizada Apex’, a opção mescla preto e laranja com um gráfico de tanque de combustível que imita a forma do tanque do XR750.

“A pintura personalizada de fábrica da Apex oferece aos pilotos a oportunidade de expressar a emoção da velocidade e da competição na carroceria de seu bagger”, disse Brad Richards, vice-presidente de design e diretor criativo.

Ainda segundo Richards o esquema de pintura comunica velocidade e impulso com linhas e cores inspiradas nas motocicletas de competição Harley-Davidson .

O trabalho para a nova edição especial será realizado nas unidades Harley-Davidson York Vehicle Assembly e Tomahawk Operations e dispoinibilizado globalmente em tiragem limitada, e algumas serão vendidas no mercado brasileiro.

Leia mais:  Multa por dirigir sem cinto: 4º lugar entre infrações mais cometidas

No Brasil, a série Harley-Davidson Apex será oferecida para os modelos Road King Special , Street Glide Special, Road Glide Special, Road Glide Limited e Ultra Limited, com preços que variam entre R$ 145 mil e R$ 170 mil.

A pintura Apex está disponível nos seguintes modelos:

Modelo especial Road King

Modelo Street Glide Special (versões cromadas e pretas)

Modelo Ultra Limited (versões de acabamento cromado e preto)

Modelo Road Glide Limited (versões cromadas e pretas)

Modelo Road Glide Special (versões cromadas e pretas)

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue Reading

Carros e Motos

Dodge apresenta conceito elétrico com ronco de Hellcat

Published

on

Dodge Charger Daytona SRT Concept EV é primeiro estudo da Dodge no mundo dos carros elétricos
Divulgação

Dodge Charger Daytona SRT Concept EV é primeiro estudo da Dodge no mundo dos carros elétricos

A Dodge revelou nesta semana que as linhas Charger e Challenger com os tradicionais HEMI V8 estão próximas do fim, e após lançar o SUV híbrido, a marca mostrou o conceito Charger Daytona SRT.

Segundo a Dodge , o conceito traz uma inédita motorização elétrica chamada de Banshee, que segundo a fabricante irá continuar o legado das famílias de motores Hemi, Hellcat e Redeye, oferecendo o DNA de muscle car para os carros elétricos.

Apesar disso, os números de potência não foram divulgados, mas o que se sabe é que terá arquitetura de 800 Volts, e a Dodge promete que o seu veículo elétrico será mais rápido que um Hellcat em todas as “métricas de performance”.

Leia mais:  Testamos a ‘Escova Tira Pelo’, própria para carpete e tecidos de autos

O Daytona SRT Concept apresenta a transmissão “eRupt” que promete trocas eletromecânicas para manter o envolvimento tradicional de muscle cars com o condutor na era elétrica.

Os muscle cars são conhecidos pelo som de seus motoes V8. Com a motorização elétrica , o ronco do motor é susbstituido pelo zunido elétrico, mas não no Daytona SRT.

A Stellantis havia prometido que o futuro elétrico da Dodge terá um som “chocante”. Agora, a fabricante americana confirmou o desenvolvimento do “escapamento” Fratzonic Chambered.

Apesar de carros elétricos não terem escapamento, segundo a Dodge esse sistema será responsável pelo som do Charger Daytona SRT , e produzirá os mesmos 126 dB que um modelo da linha Hellcat.

Visualmente, o conceito é inspirado no Charger Daytona original, com um pequeno toque futurista, realçado pela barra em LED que percorre toda a extensão da dianteira, com o antigo logo triangular da Dodge no centro.

Na dianteira, o modelo ainda conta com dispositivos aerodinâmicos para direcionar o fluxo de ar para aumentar a aerodinâmica do modelo.

Leia mais:  KS3 Lite é o novo scooter elétrico de entrada da Yadea

No interior, uma tela de 16 polegadas para o painel de instrumentos e uma de 12.3 para o sistema de infotenimento voltado para o condutor, dão o toque de modernidade à cabine do modelo.

Além disso, o interior ainda possui luzes ambientes ajustáveis, bancos feitos em fibra de carbono , volante de base achatada e um teto panorâmico completam a cabine do carro.

“O Charger Daytona fará mais que definir o futuro da Dodge, vai redefinir o significado de muscle car americano neste processo” afirmou Tim Kuniskis, CEO da marca Dodge.

Ainda não há confirmação de data de lançamento do primeiro Dodge 100% elétrico, mas segundo a mídia norte-americana, a marca espera entrar na era elétrica a partir de 2023.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue Reading

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2018 - REDE CENTRO NORTE DE COMUNICAÇÃO LTDA-ME - CNPJ: 34.052.986/0001-65 | Peixoto de Azevedo - MT
Desenvolvido por InfocoWeb - 66 9.99774262