Connect with us

Com objetivo de melhorar os processos internos, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Lucas do Rio Verde capacitou os servidores da autarquia em curso voltado para contratações e licitações nesta última semana de julho.

De acordo com o diretor do Saae, Mauricio Fossati, a formação permite ganhos tanto para a equipe que atua nos serviços, quanto para a população. “O curso foi voltado para as contratações públicas, orientando os servidores sobre a importância de formar um bom termo de referência. A Controladoria Interna explicou sobre os tipos de licitação que são adotadas para a contratação, desde o momento da fase interna até a publicação, indo para a fase externa e homologação”, explicou Maurício.

O curso se fez necessário para o processo de transparência dos serviços de licitação. “Ressaltamos a importância de capacitações como esta, para o aprimoramento das funções de nossos servidores, garantindo assim maior eficiência e economicidade nas compras”, concluiu o diretor do Saae, Maurício Fossati.

Os servidores conheceram as legislações e normativas pertinentes à fiscalização, as responsabilidades como gerenciadores, tipos de contratos, prazos, relatórios, ocorrências, penalidades, além de reciclar conhecimentos e tirar dúvidas.

Leia mais:  Prefeitura promove palestra sobre boas práticas no manuseio de alimentos

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Comentários Facebook
Advertisement

Sem categoria

Programa Saúde na Escola entrega kits de higiene bucal aos alunos

Published

on

A escola é um espaço privilegiado para práticas de promoção da saúde e de prevenção de doenças, incluindo a higiene bucal de crianças e adolescentes. Em Lucas do Rio Verde, 15 escolas públicas municipais recebem o incentivo por meio de ações lúdicas, com vídeos interativos e música para chamar atenção deste público para os cuidados com a higiene pessoal e bucal.

Para auxiliar na rotina com a saúde bucal, os alunos da Escola Municipal Cora Coralina receberam, nesta quarta-feira (17), por meio da Secretaria de Saúde, os kits que são compostos por escova de dente, creme dental e fio dental. Os itens são distribuídos após a apresentação de uma palestra com a presença de um dentista, que esclarece aos estudantes sobre a importância da escovação.

Para a dentista Allana Teixeira, é fundamental que as crianças tenham uma boca saudável. “A digestão começa pela boca e é muito importante que elas aprendam desde cedo a importância de escovar os dentes. Isso traz mais saúde e mais qualidade de vida”, explica.

Leia mais:  Prefeitura promove palestra sobre boas práticas no manuseio de alimentos

A gestora da Escola Cora Coralina, Janaina Rodrigues Lima, pontua que “o programa é um incentivo muito grande para as crianças, se enquadra dentro da perspectiva educativa, de bons hábitos, de higiene, e é muito válido”.

Para o dentista André Cantero de Castro, supervisor técnico de Saúde Bucal, a ação contribui diretamente para o desenvolvimento do Programa Saúde na Escola. “A escola é a instituição privilegiada para promover este encontro da educação e da saúde, por ser um espaço para a convivência social e para o estabelecimento de relações favoráveis à promoção da saúde, pelo viés de uma Educação Integral”.

Crescer Saudável

Programa em conjunto com o Saúde na Escola tem o objetivo de combater a obesidade infantil e foi incluído nas ações em Lucas do Rio Verde. Foi criado em 2017 para as crianças matriculadas na Educação Infantil (creches e pré-escolas) e Ensino Fundamental I. 

O Crescer Saudável implementa programas que promovam o consumo de alimentos saudáveis e reduzam o consumo de alimentos não saudáveis e bebidas açucaradas por crianças e adolescentes, que incentivam atividade física e reduzam os comportamentos sedentários em crianças e adolescentes, entre outros.

Leia mais:  Licitação da quadra poliesportiva da escola do bairro Vida Nova será no dia 17 de agosto

Neste ano, os gestores que aderiram ao Programa Saúde na Escola também puderam aderir ao Crescer Saudável. As duas ações fazem parte das políticas públicas para aderência e manutenção do Selo Unicef.aa

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Comentários Facebook
Continue Reading

Sem categoria

Gestão Miguel Vaz assina novo plano de trabalho de mão de obra de reeducandos

Published

on

Com a proposta de efetivar a ressocialização dos reeducandos do Centro de Detenção Provisória de Lucas do Rio Verde, o prefeito Miguel Vaz assinou com o Judiciário, o Conselho da Comunidade e a Fundação Nova Chance um novo plano de trabalho para a utilização da mão de obra dos reeducandos nas obras públicas do município.

A prefeitura já utiliza, desde 2014, os materiais produzidos pelos homens que atuam na mão de obra para produção de meio-fio, blocos, tubos, pavers, manilhas e demais artefatos.

Inicialmente, dez reeducandos que já trabalham na Fábrica de Artefatos de Cimento poderão atuar nas obras no serviço extramuros e no final da tarde voltarão para o Centro de Detenção Provisória. Uma equipe de servidores da Prefeitura fará o transporte dos reeducandos e, durante o serviço extramuros, o monitoramento é feito por meio de tornozeleira eletrônica.

Com a oportunidade do serviço externo, outros dez homens poderão ser inseridos no trabalho da Fábrica.

O juiz Hugo José Freitas da Silva ressaltou que o projeto da Fábrica mostra resultados positivos, como maior autoestima dos detentos, uma melhor perspectiva de vida, redução de rebeliões e motins e os presos que já saíram do sistema prisional que participaram do projeto não reincidiram na criminalidade.

Leia mais:  Prefeitura publica edital para comprar diferentes tipos de pedra brita

“O trabalho é a principal fonte de reinserção e ressocialização na sociedade. Os que estão dentro do CDP precisam de uma oportunidade e a oportunidade é por meio do trabalho”, evidenciou o juiz.

Além do salário no final do mês, os trabalhadores, escolhidos por bom comportamento, têm o benefício da remissão da pena, isso significa, a cada três dias trabalhados, um a menos dentro da cadeia.

A parceria ainda prevê que a Secretária de Infraestrutura e Obras e o Saae se comprometam a ensinar as técnicas necessárias, promovendo a disciplina e a cooperação entre os reeducandos, a fim de aperfeiçoar o conhecimento profissional.

O secretário Alexandre Orbolato aponta que a mão de obra e de ressocialização dos reeducandos aumenta a capacidade de manutenção e serviços. “Isso potencializa nossa equipe para uma melhor prestação de serviço e a contribuição de um atendimento mais rápido para a população”, afirma.

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Comentários Facebook
Continue Reading

Sem categoria

Assistência Social reúne empresas para alinhar detalhes da campanha Sinal Vermelho

Published

on

Com objetivo de fomentar a campanha nacional do Sinal Vermelho, a Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio da Secretaria de Assistência Social e Habitação, realizou uma reunião com comerciantes e forças de segurança para alinhar maneiras de como agir em situações de violência contra a mulher. O encontro aconteceu na manhã desta quarta-feira (16), no Paço Municipal.

Durante a reunião, a primeira-dama e secretária de Assistência Social e Habitação, Janice Ribeiro, destacou a necessidade de as empresas participarem da campanha. Para isso, é importante que os seus colaboradores estejam preparados para ajudar a vítima quando necessário.

“Eu achei essa ideia muito boa. A gente vê isso sendo discutido nas mídias sociais de maneira superficial e agora vendo essa iniciativa de conversar com a gente, passar para o comércio também essa causa, eu acho que vai surgir bons resultados”, destacou a farmacêutica Leila Alves, que participou da reunião representando uma drogaria da região. 

O encontro foi conduzido pela secretária Janice, que ressaltou que a ação faz parte da campanha do Agosto Lilás. “Essa é mais uma iniciativa para combater a violência contra a mulher. A gente percebeu que esse é o momento de chamar as pessoas, envolver a sociedade para que tenhamos êxito”.

Leia mais:  Projeto "Movimenta" chega a Lucas do Rio Verde nesta quinta-feira (23)

Sinal Vermelho
Seguindo a proposta nacional, a Campanha Sinal Vermelho é mais uma ferramenta alternativa e segura de denúncia e acolhimento, bem como de enfrentamento à violência de gênero. A proposta é engajar a sociedade para auxiliar a mulher isolada, sem acesso a celular, computador, familiares, presa em sua própria casa, para que possa denunciar, de forma silenciosa, uma situação de violência que esteja vivendo. 

Ela pode ir a uma farmácia, drogaria, supermercado, lojas, hotel ou condomínio participante da ação e apresentar um X vermelho desenhado em uma das suas mãos a um dos atendentes do local que estará orientado a pedir ajuda à polícia.

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Comentários Facebook
Continue Reading

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2018 - REDE CENTRO NORTE DE COMUNICAÇÃO LTDA-ME - CNPJ: 34.052.986/0001-65 | Peixoto de Azevedo - MT
Desenvolvido por InfocoWeb - 66 9.99774262