Home » Análise econômica: Projeto ‘Cesta Básica x Salário Mínimo’ revela tendências no comércio de Lucas do Rio Verde

Análise econômica: Projeto ‘Cesta Básica x Salário Mínimo’ revela tendências no comércio de Lucas do Rio Verde

por Celso Ferreira Nery
analise-economica:-projeto-‘cesta-basica-x-salario-minimo’-revela-tendencias-no-comercio-de-lucas-do-rio-verde

O projeto ‘Cesta Básica x Salário Mínimo’, resultado da parceria entre a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Lucas do Rio Verde e o Centro Universitário Unilasalle, divulgou esta semana os resultados de sua pesquisa sobre os preços dos produtos básicos no comércio local. O levantamento, conduzido nos meses de fevereiro e março, teve como objetivo analisar a relação entre o custo da cesta básica e o salário mínimo.

O economista Nadir João Paludo, mestre em Economia, apresentou os dados obtidos durante os levantamentos. Estudantes do Núcleo de Pesquisas em Administração e Ciências Contábeis da Unilasalle/Lucas (NUPAC) realizaram visitas a supermercados em diferentes áreas de Lucas do Rio Verde para coletar os preços dos itens da cesta básica. Posteriormente, esses dados foram comparados com o valor do salário mínimo.

Os resultados revelaram um aumento de 9% nos preços da cesta básica de um mês para o outro nos estabelecimentos com os preços mais altos e mais baixos. No estabelecimento com os preços mais elevados, o custo da cesta básica subiu de R$ 892,90 em fevereiro para R$ 1003,17 em março. Já no estabelecimento com os preços mais baixos, o custo aumentou de R$ 468,06 para R$ 652,81 no mesmo período.

Paludo enfatizou a importância de os consumidores realizarem pesquisas detalhadas antes de suas compras, observando os custos em diferentes estabelecimentos. Ele destacou que mesmo a cesta básica com o menor preço pode ficar ainda mais acessível com uma pesquisa mais apurada.

[Continua depois da Publicidade]

Além disso, o estudo sugeriu que o salário mínimo ideal para uma família de quatro pessoas seria de R$ 7.731,44 em fevereiro e R$ 8.427,63 em março, considerando outros compromissos como aluguel, tarifas de água e energia.

O projeto recebeu reconhecimento nacional ao ser premiado com a medalha de bronze na categoria Gestão de Excelência no Prêmio Nacional de Gestão Educacional (PNGE) do GEDUC 2024, evento em que o Unilasalle esteve presente.

você pode gostar