Home » Babi Arenhart faz 13 defesas mas não evita derrota na Champions

Babi Arenhart faz 13 defesas mas não evita derrota na Champions

por Olimpiada Todo Dia
babi-arenhart-faz-13-defesas-mas-nao-evita-derrota-na-champions

Na imagem, Babi Arenhart atenta para defender no gol do Krim Mercator.

Babi Arenhart atenta para defender no gol do Krim Mercator. Foto: Instagram/ @babiarenhart

O sábado (10) de Champions League de handebol feminino não foi bom para os times que têm brasileiras em seus elencos. Assim, o Krim Mercator (SLO), da goleira Babi Arenhart, perdeu na Dinamarca. Além disso, teve as derrotas em casa do Zaglebie Lubin (POL), da defensora Patrícia Matielli, e do Buducnost BEMAX (MNE), da ala Adriana de Castro. Por fim, Bruna de Paula anotou quatro na derrota fora de casa do seu time, o Györi (HUN).

Quatro jogos da 13ª rodada do campeonato europeu envolveram times que têm jogadoras brasileiras. O maior destaque ficou para Babi Arenhart, que fez 13 defesas para o Krim Mercator entre 35 arremessos. Portanto, a goleira salvou 37% dos disparos que o Team Esbjerg (DIN) arremessou contra sua meta. Por outro lado, sua companheira de equipe, a eslovena Maja Vojnovic defendeu um em oito, 12,5%. Desse modo, seu time saiu derrotado por 29 a 21 e ocupa a quinta colocação do grupo B, com cinco vitórias, um empate e sete derrotas e 11 pontos na tabela. As dinamarquesas estão em segundo, com 20 pontos.

Além de Babi, outra brasileira que apareceu bem, porém não evitou uma derrota de seu time, foi Bruna de Paula, que anotou quatro gols em oito arremessos. Contudo, o time húngaro do Schaeffler derrotou o Györi por 29 a 28. Inclusive, Bruna anotou o gol de empate faltando menos de 30 segundos para o final da partida, todavia Jovana Jovovic deu números finais com dois segundos no relógio. Mesmo com a segunda derrota na competição, o time de Bruna mantém-se em primeiro do grupo A, com 11 vitórias e 22 pontos, enquanto as húngaras estão em quinto, com 13 pontos.

Demais equipes com brasileiras

Ademais, Patrícia Matielli contribuiu com um gol entre quatro arremessos na derrota de seu time, o Zaglebie Lubin, diante de seu torcedor. O Rapid Bucareste (ROM) venceu as donas da casa por 24 a 21. O time polonês de Patrícia ocupa a oitava e última colocação no grupo B, sobretudo, porque ainda não venceu na competição. Suas adversárias são as sétimas, com quatro vitórias e 9 pontos.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, TWITTER, INSTAGRAM, TIK TOK E FACEBOOK

Por último, o Buducnost não contou com a atuação de Adriana e sofreu um revés de 33 a 17 em seus domínios para o Odense Handbold (DIN). Dessa forma, a equipe montenegrina de Adriana é sétima no grupo A, com 5 pontos. As dinamarquesas estão em segundo, com 19.

Falta o complemento da rodada no domingo e mais duas para a conclusão da fase de grupos e definição de quem segue aos playoffs. As duas primeiras de cada grupo avançam, entre o terceiro e o sexto há uma repescagem e os dois últimos ficam pelo caminho.

Jornalista formado em 2013, mas que atuo desde 2008, quando ingressei na Universidade P. Mackenzie, Trabalhei por seis anos no Diário Lance!. Passei por Punteiro Izquierdo, Surto Olímpico, Torcedores e Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo. Entrei no OTD em Abril de 2023.

você pode gostar