Home » Campanha ‘Agir Salva Vidas’ supera expectativas e envia doações ao Rio Grande do Sul

Campanha ‘Agir Salva Vidas’ supera expectativas e envia doações ao Rio Grande do Sul

por Celso Ferreira Nery
campanha-‘agir-salva-vidas’-supera-expectativas-e-envia-doacoes-ao-rio-grande-do-sul

A campanha “Agir Salva Vidas”, promovida pelo Poder Judiciário de Mato Grosso, em apoio às famílias do Rio Grande do Sul, afetadas pelas enchentes dos últimos dias, demonstrou um exemplo inspirador de mobilização e solidariedade de magistrados, servidores e sociedade. A iniciativa, liderada pela Coordenadoria de Gestão de Pessoas do TJMT (CGP), contou com quatro pontos de coleta distribuídos em Cuiabá e Várzea Grande (anexo do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Fórum de Cuiabá, Complexo dos Juizados Especiais e Fórum de Várzea Grande).

A resposta à iniciativa superou as expectativas, refletindo o comprometimento e a empatia de todos frente às necessidades urgentes das famílias afetadas no sul do país. Entre os itens solicitados para doação estiveram água potável, alimentos não perecíveis, cobertores, roupas e materiais de higiene e limpeza. “Estamos bastante felizes. Houve uma adesão muito grande dos magistrados, servidores e da população em geral. Foram contribuições em apoio a essas pessoas que estão precisando tanto nesse momento. Estamos muito emocionados”, diz Neucimeire Oliveira, diretora do Departamento de Saúde do Tribunal de Justiça, vinculado à CGP.

A gestora-geral do Fórum de Cuiabá, Gicelda Rosa Fernandes da Silva, apontou que campanha não só alcançou o objetivo de arrecadar uma quantidade significativa de doações, como também fortaleceu o senso de comunidade e cooperação. “Tenho gratidão pelos juízes, servidores, assessores e à população que nos ajudaram muito nessas campanhas. Só tenho agradecer. Todos estão querendo ajudar”.

Já a gestora administrativa do Complexo de Juizados Especiais, Maria de Lourdes Duarte, destacou a percepção dos doadores para o envio de itens adicionais aos solicitados. “Além dos mantimentos, roupas e materiais de higiene pessoal, recebemos a doação de fraldas infantis, ração para pets, achei muito interessante como o pessoal foi cuidadoso”.

[Continua depois da Publicidade]

Esse zelo também foi percebido nas roupas e calçados, armazenados em sacos plásticos pretos, que foram devidamente identificados para facilitar o trabalho da triagem, além da disposição de itens em caixas. “É bom saber que, hoje em dia, mesmo com pouco, todo mundo tem ainda para doar”, completou Maria de Lourdes.

O mesmo cenário foi identificado no Fórum de Várzea Grande. “Nós, brasileiros, temos coração bom. Os últimos dias foram fantásticos, pois recebemos muitas doações. Fico emocionada porque são pessoas que estão precisando muito, já que perderam tudo, mas Deus está provendo. Somos muito gratos às pessoas que estão doando”, relata Avair Rebeka de Souza Nascimento, gestora administrativa que integra a Justiça Comunitária de Várzea Grande.

Outro aspecto que chamou atenção foi a sensibilização com a doação expressiva de roupas de cama, cobertores e roupas de inverno, essenciais aos moradores da região do país. Essa corrente do bem mostra que ações conjuntas podem fazer uma grande diferença na vida de muitas pessoas, reafirmando a importância e o impacto positivo de iniciativas solidárias. “Gostaria muito de agradecer aos postos de coleta que nos apoiaram. Agradecer ao Tribunal de Justiça, às nossas coordenadorias, à nossa direção como um todo, assim como ao Fórum de Cuiabá, ao Complexo de Juizados Especiais e ao Fórum de Várzea Grande. Obrigada porque, em todos os momentos, fomos atendidos e tivemos apoio. E assim hoje estamos conseguindo enviar todas essas contribuições”, afirma Neucimeire.

As doações arrecadadas pela campanha “Agir Salva Vidas” foram encaminhadas à Base Comunitária de Segurança Integrada do Araés, em Cuiabá, (10º Batalhão da PMMT) para posterior envio ao Estado do Rio Grande do Sul.

você pode gostar