Home » Consumidor é indenizado após cobrança indevida de energia elétrica em Mato Grosso

Consumidor é indenizado após cobrança indevida de energia elétrica em Mato Grosso

por Rebeca Moraes
consumidor-e-indenizado-apos-cobranca-indevida-de-energia-eletrica-em-mato-grosso

Na última sexta-feira (05), um casal de Sinop-Mato Grosso foi preso em flagrante por vender carteiras de estudante falsas. A detenção ocorreu em frente a uma escola da cidade, onde foram encontrados com os documentos comercializados.

A investigação teve início após denúncias recebidas pela equipe da 1ª Delegacia de Polícia, relatando a presença de uma mulher dentro da escola, cadastrando alunos e recebendo valores indevidos. Ao abordar o casal, os policiais constataram que o homem se apresentava como coordenador do Diretório Nacional dos Estudantes e se recusou a acompanhar os agentes até a delegacia, sendo necessário conter o casal, que acabou sendo conduzido à Central de Flagrantes.

Na posse dos suspeitos, foi encontrada uma máquina de impressão de cartões, utilizada para a confecção das carteirinhas estudantis irregulares. Após interrogatório, foi lavrado o flagrante por crime de estelionato.

O delegado titular da 1ª Delegacia de Polícia de Sinop, Ugo Mendonça Reck, responsável pelas investigações, ressaltou que situações semelhantes já foram alvo de investigação anterior da Polícia Civil, nos municípios de Cáceres e Sinop.

[Continua depois da Publicidade]

“O suspeito já foi alvo de investigação solicitada pelo Ministério Público e, a partir de agora, vamos dar continuidade à apuração dos fatos”, afirmou.

Após o flagrante, o casal foi encaminhado para audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça.

você pode gostar