Home » Criança tem alta da UTI após receber coração doado por menina que faleceu em MT

Criança tem alta da UTI após receber coração doado por menina que faleceu em MT

por Jose Vogel
crianca-tem-alta-da-uti-apos-receber-coracao-doado-por-menina-que-faleceu-em-mt

Criança tem alta da UTI após receber coração doado por menina que faleceu em MT

O Hospital da Criança de Ribeirão Preto (SP) confirmou a alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de uma criança de três anos que recebeu o coração doado por uma menina da mesma idade, que faleceu no hospital municipal de Cuiabá. A paciente estava na UTI há 40 dias, após passar pelo transplante.

Na saída da UTI, Ana mandou beijo e acenou para quem encontrou pelo caminho, enquanto sua mãe estava emocionada. Na recepção, os acompanhantes das outras crianças internadas na unidade comemoraram a vitória da garotinha, que ainda ficará internada na enfermaria por alguns dias.

O hospital divulgou que a menina tinha miocardiopatia dilatada e precisava de um transplante cardíaco. No dia 8 de março de 2024, às 8h30, ela foi incluída na lista nacional de receptores de órgão e, 5 horas depois, às 13h30, houve a oferta de um órgão em Cuiabá.

A Central Estadual de Transplantes da secretaria estadual de Saúde detalhou, na época, que efetivou o processo de captação e doação, após a constatação de morte encefálica da paciente, de três anos, internada no Hospital Municipal de Cuiabá. A ação, realizada pela equipe médica do Hospital e com autorização da família da criança, resultou na oferta dos órgãos para a Central Nacional de Transplante (CNT), que após a disponibilização recebeu o aceite da equipe de São Paulo para o coração.

A equipe realizou a retirada e o órgão foi levado para o estado de São Paulo onde foi realizado o transplante cardíaco com êxito. O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, destacou, na ocasião, a importância da ação e ressaltou o compromisso em investir na reestruturação da Central Estadual de Transplantes. Para ele, essas ações vão resultar na ampliação do número de captações de órgãos e tecidos no estado. “O Governo do Estado tem priorizado a saúde em Mato Grosso e, por meio da SES, tem investido em ações que efetivam esses procedimentos através de profissionais capacitados e equipamentos de qualidade, resultando em um gesto nobre, que salva a vida de outras pessoas”, declarou.

Entre janeiro e novembro de 2023, a Central Estadual de Transplantes de Mato Grosso realizou sete captações de órgãos no estado, que beneficiaram 17 pacientes de Mato Grosso, São Paulo, Pernambuco, do Acre, Paraná e Distrito Federal.

Só Notícias (foto: assessoria)

você pode gostar