Home » Delegado, investigador, advogado e garimpeiros são alvos de operação

Delegado, investigador, advogado e garimpeiros são alvos de operação

por Flavia Borges
delegado,-investigador,-advogado-e-garimpeiros-sao-alvos-de-operacao

Todos os esquemas e acertos levam à conclusão de que existia um verdadeiro “gabinete do crime”

A Corregedoria-Geral da Polícia Civil de Mato Grosso deflagrou uma operação na manhã desta quarta-feira (17) contra um esquema criminoso praticado por um delegado e um investigador, com a participação de garimpeiros e advogado em Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá.

Policia Civil em MT

São cumpridos dois mandados de prisão preventiva, sete de busca e apreensão e três medidas cautelares. Os servidores são investigados pelos crimes de corrupção passiva, associação criminosa, e advocacia administrativa.

Segundo a Polícia Civil, o delegado e o investigador solicitavam o pagamento de vantagens indevidas para liberação de bens apreendidos; exigiam pagamento de “diárias” para hospedagem de presos no alojamento da delegacia e, ainda, pagamentos mensais sob a condição de decidir sobre procedimentos criminais em trâmite na unidade policial.

  • Antônio Roberto Rodrigues Constante, de 52 anos, morreu após ser internado com sintomas de dengue hemorrágica em Várzea Grande. (Foto: PJC-MT)

    Várzea Grande

    Laudo descarta dengue como causa da morte de escrivão da PJC em MT

  • Procedimento interno

    Corregedoria da PJC vai investigar delegado, investigadora e sogra em MT

  • policial penal Adnen de Souza e Jefferson Vinícius Arruda dos Santos, autores do latrocínio, estão foragidos. (Foto: Reprodução)

    Tentativa de latrocínio

    PJC identifica suspeitos de atirar em policial penal em Várzea Grande

Todos os esquemas e acertos levam à conclusão de que existia um verdadeiro “gabinete do crime”.

As investigações começaram após denúncias recebidas no Núcleo de Inteligência da Corregedoria Geral, que apontavam o envolvimento de policiais civis, advogado e garimpeiros da região de Peixoto de Azevedo em situações como a solicitação de vantagens indevidas, advocacia administrativa e ainda o assessoramento de segurança privada pela autoridade policial, caracterizando a formação e uma associação criminosa no município.

você pode gostar