Home » É verdade que desligar a geladeira durante a noite consome menos energia e não estraga alimento?

É verdade que desligar a geladeira durante a noite consome menos energia e não estraga alimento?

por Folha Financeira
e-verdade-que-desligar-a-geladeira-durante-a-noite-consome-menos-energia-e-nao-estraga-alimento?

Em meio aos crescentes debates sobre economia doméstica e sustentabilidade, uma prática tem gerado curiosidade e discussões: desligar a geladeira durante a noite para poupar energia.

Mas será que essa medida realmente contribui para a redução dos gastos com eletricidade, sem comprometer a conservação dos alimentos?

Vamos desvendar essa questão e apresentar alternativas eficazes para economizar energia sem prejudicar a eficiência do seu eletrodoméstico mais essencial.

Desligar a geladeira durante a noite economiza energia?

Contrariamente ao que alguns possam pensar, a prática de desligar a geladeira à noite pode resultar em um efeito contrário ao desejado.

De acordo com especialistas e órgãos reguladores, como a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), essa ação não é recomendada.

Desativar o refrigerador durante as horas noturnas não contribui para a economia de luz elétrica. Na verdade, pode até aumentar o consumo.

Isso ocorre porque, ao ser desligada, a geladeira permite que a temperatura interna aumente.

Quando religada, o aparelho necessita de um esforço maior do compressor para reestabelecer a temperatura ideal, o que acarreta um consumo energético superior.

Além disso, há o risco de comprometimento da qualidade e conservação dos alimentos armazenados, que podem sofrer com variações térmicas inadequadas.

Dicas para economizar energia com a geladeira

  1. Manutenção da Vedação: Uma vedação de porta comprometida pode aumentar o consumo de eletricidade, pois o aparelho precisa trabalhar mais para manter a temperatura interna. Verifique regularmente o estado das borrachas de vedação e substitua-as quando necessário.
  2. Escolha de Eletrodomésticos Eficientes: Na hora de adquirir uma nova geladeira, opte por modelos com selo Procel de eficiência energética. Eles são projetados para otimizar o consumo de energia, representando uma economia significativa a longo prazo.
  3. Posicionamento Adequado: Evite instalar a geladeira próximo a fontes de calor, como fogões e fornos. A proximidade com o calor exige mais do motor para manter a temperatura interna, aumentando o consumo de energia.
  4. Evite Abrir e Fechar Frequentemente: Cada abertura de porta permite a entrada de ar quente, exigindo mais energia para reestabilizar a temperatura interna. Organize os alimentos de maneira que você possa encontrar o que precisa rapidamente, reduzindo a necessidade de abrir a geladeira muitas vezes.
  5. Configuração Correta da Temperatura: Mantenha a temperatura interna ajustada conforme a recomendação do fabricante. Usar configurações mais frias do que o necessário pode aumentar desnecessariamente o consumo de energia.
  6. Não Sobrecarregue: Uma geladeira cheia demais pode obstruir a circulação de ar frio, enquanto uma muito vazia desperdiça energia para refrigerar um espaço não utilizado adequadamente. Mantenha-a moderadamente cheia para otimizar o desempenho e o consumo de energia.

Ao adotar essas práticas, não apenas contribuímos para a economia doméstica, mas também promovemos um uso mais sustentável dos recursos, alinhando conveniência com responsabilidade ambiental.

você pode gostar