Home » Ex-Palmeiras volta a jogar depois de 400 dias

Ex-Palmeiras volta a jogar depois de 400 dias

por Portal do Palmeirense
ex-palmeiras-volta-a-jogar-depois-de-400-dias

Ex-jogador do Palmeiras voltou a disputar um jogo oficial depois de 400 dias afastado por conta de uma grave lesão. O atleta em questão é Patrick de Paula, cria das categorias de base do Verdão. Neste fim de semana, o meio-campista retornou aos gramados depois de um longo período afastado.

PK foi a grande novidade do Botafogo na vitória sobre o Boavista, por 2 a 0, no Nilton Santos, neste domingo (31). O camisa 8 entrou no segundo tempo da partida, aos 23 minutos. Após o apito final, ele se emocionou com mais uma chance recebida para fazer o que mais gosta.

O jogador de 24 anos de idade precisou ser submetido a uma cirurgia no joelho em fevereiro do ano passado e desde então se recuperava da pior contusão da carreira. Na oportunidade, ele lesionou o ligamento colateral lateral, o cruzado, os dois meniscos (medial e lateral) e o côndilo femoral.

Nos dois primeiros meses de recuperação, ele sequer pôde colocar os pés no chão e ficou mais de um ano sob os cuidados do departamento médico da agremiação carioca. Agora, portanto, o jovem atleta retorna para tentar dar a volta por cima na carreira.

Ex-Palmeiras busca se firmar no Botafogo

Em 2022, o Verde acertou a transferência de Patrick para o time da Estrela Solitária por pouco mais de R$ 30 milhões. Até pouco tempo, essa tinha sido a contratação mais cara da história do clube comandado por John Textor.

Mas desde que chegou a equipe, Patrick não conseguiu se firmar. Primeiro, não teve êxito ao tentar provar o seu valor dentro de campo. Em seguida, sofreu a grave lesão. Sendo assim, daqui para frente ele tentará recuperar o tempo perdido e dar a volta por cima vestindo o uniforme alvinegro.

Paulista, 24 anos, jornalista em formação. Apaixonado por futebol e por palavras, faço o que mais gosto (falar sobre o esporte bretão) por meio do que considero ser meu ofício (a atividade jornalística). Ambos, jogo e jornalismo, vão além de suas aparências (pessoas correndo atrás de uma bola e noticiando fatos) e, na verdade, são reflexos do social – eu sou um produto dessas duas coisas e de outras tantas que também as compõem.

Comentários estão fechados.

você pode gostar