Home » Foragido do Novo Cangaço é preso após três anos em Sinop

Foragido do Novo Cangaço é preso após três anos em Sinop

por Joao Ricardo
foragido-do-novo-cangaco-e-preso-apos-tres-anos-em-sinop

Um dos últimos foragidos da operação que desarticulou uma quadrilha especializada em roubos a cooperativas de crédito no estilo “Novo Cangaço” foi preso nesta terça-feira (2) em Sinop, a 500 km de Cuiabá. O investigado, 32 anos, estava foragido há quase três anos.

Ele foi capturado em uma ação conjunta da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Sinop e da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO). Roni estava em uma casa no Camping Club e com ele foi apreendida uma carabina calibre 12 e munições.

O crime

Em junho de 2021, um bando de 22 criminosos, divididos em três grupos, assaltou duas cooperativas de crédito na cidade de Nova Bandeirantes, a 997 km de Cuiabá. O crime, que durou cerca de duas horas, causou terror na cidade e mobilizou as forças de segurança do estado.

Câmeras de segurança registraram a ação do grupo, que rendeu vítimas e as utilizou como escudo humano para evitar a aproximação dos policiais. Durante o assalto, duas pessoas foram feridas. Na fuga, os criminosos roubaram veículos, armas e coletes balísticos.

[Continua depois da Publicidade]

Investigação

A investigação da GCCO identificou todos os integrantes da quadrilha. Nove deles morreram em confronto com a polícia durante as buscas e 13 foram presos. O criminoso era um dos cooptados pelo grupo por conhecer a região e deu suporte à quadrilha na identificação de locais de pouso e alimentação.

Outros crimes

O criminoso também é investigado pelo roubo a uma mineradora na cidade de Paranaíta, em abril de 2021, e por um assalto a um garimpo no Pará, em maio de 2022.

Prisão

Ele está preso na Cadeia Pública de Sinop à disposição da Justiça. Ele responde por roubo qualificado, porte ilegal de arma de fogo, formação de quadrilha e associação criminosa.

você pode gostar

Deixe um comentário