conecte-se conosco


Agro News

Grupo Origem Premium investe na pecuária de precisão para elevar a produtividade

Publicado


Com um produto competitivo à disposição, você pode elevar a produtividade e assegurar bons resultados! Ter informações precisas para tomar decisões, vender e comprar animais de forma eficiente e ainda, aumentar a lucratividade do negócio, esse é o propósito do Grupo Origem Premium que investe na pecuária de precisão para elevar a produtividade.

Os animais de Raça Araguaia possuem genética exclusiva, desenvolvida por meio da tecnologia de reprodução, melhoramento genético e rigorosa seleção a campo.

Diminuir os custos operacionais é possível adotando práticas capazes de otimizar toda a linha produtiva de sua propriedade. Ao estabelecer um controle maior sobre o que produz a Origem Premium o ajuda a identificar gargalos operacionais para prospectar novos negócios no mercado pecuário, sendo o ganho de produtividade um dos benefícios notáveis para os criadores da Raça Araguaia.

A Raça Araguaia possui características específicas de precocidade, produtividade, qualidade, adaptação e rusticidade.

Na Fazenda Santa Rita, em Torixoréu, no Mato Grosso, o criador e um dos fundadores da Origem Premium, Raul Almeida Moraes Neto, aposta na tecnologia e em técnicas de gestão empresarial, por meio de um protocolo que determina o uso de pastagens de qualidade, o bem-estar animal e o controle sanitário, eficiência na produção pecuária que contribui para a sustentabilidade e torna o processo mais eficiente, ao produzir mais alimento em harmonia com o meio ambiente.

“Na nova configuração produtiva, produzir e conservar são ações correlatas e sinérgicas. Para produzir mais eu tenho que investir em aumento da oferta de alimento, principalmente pastagens, o crescimento das pastagens retira o CO2 da atmosfera para compor os seus tecidos, protege o solo contra a insolação direta, cria um micro ambiente favorável as bactérias do solo, que por sua vez, também, contribuem para a melhoria atmosférica e do meio ambiente. A produtividade na pecuária está muito correlacionada ao encurtamento do ciclo produtivo do animal, esse encurtamento mitiga (diminui) as emissões dos gases do efeito estufa. Os gases produzidos são capturados pelo ambiente produtivo, através do crescimento vegetativo das pastagens e das reservas florestais que compõem a fazenda”.

Com informações precisas à disposição, o Grupo Origem Premium viabiliza a tomada de decisão fundamentada em análise de dados e estudos freqüentes, que resultam no desenvolvimento da pecuária bovina de corte e contribuem para fortalecimento da economia nacional, permitindo à atividade, se consolidar no mercado internacional pela competitividade, a partir dos índices crescentes de produtividade e qualidade.

A precocidade reprodutiva e produtiva dá mais peso na desmama, torna os animais férteis em bem menos tempo e também encurta o ciclo de recria e engorda do gado.

A pecuária de precisão tem se apresentado como um avanço no campo. O grupo adota um modelo de gestão com metas de produtividade e redução de custos, para garantir bons negócios ao setor e ao gestor. Com o mercado interno enfrentando o aumento nos preços de insumos, associada à redução do preço de comercialização, somado, ao cenário do mercado externo, que apresenta recordes quanto à exportação de carne bovina, é necessário investir em modernas técnicas de manejo, mensuração de desempenho e redução dos custos de produção. Desse modo, o Grupo Origem Premium pode melhorar o processo de gestão e auxiliar na maximização dos recursos e na continuidade de seu negócio, destaca o médico veterinário e sócio-diretor da empresa, Alexander Estermann.

“O grande papel da Origem Premium está na revisão dos processos de produção, no encurtamento dos elos da cadeia produtiva, e no aumento da eficiência, através da eliminação do desperdícios ao longo dessa cadeia. Buscamos este encurtamento em seus diversos aspectos, enxugando esse modelo de produção para reduzir custos, e assim, mantermos a competitividade, inclusive, em momentos adversos como esse que enfrentamos agora. Esse é um momento complexo do mercado, vivenciamos uma crise provocada pela incerteza da economia, pelas questões climáticas, pela alta da matéria prima, passamos por uma inflexão da curva na oferta de animais, sendo um momento muito delicado, e uma perda do poder aquisitivo muito grande por parte do consumidor, tanto do mercado interno, quanto externo. Nesse processo, a Origem Premium, faz uma participação ativa em melhorar a eficiência, trazendo segurança para quem produz, considerando as fases de produção, que envolve o produtor rural, o processo de industrialização relacionado a o abate e a desossa, além do posicionamento e o processo de distribuição do produto até o ponto de venda, para chegar ao nível de atendimento do consumidor final”.

Macia & Saborosa, Saudável & Sustentável. Essa é a nossa carne!!!

Em plena ascensão, devido aos investimentos na genética do rebanho, melhores pastos, novas tecnologias, técnicas de manejo e sanidade animal, a pecuária brasileira cresceu e se estabeleceu entre os maiores produtores e exportadores de carne bovina do mundo. Dentre as conseqüências, houve o aumento da concorrência e expectativa do mercado consumidor por carne de melhor qualidade e menor preço. Neste cenário, cada vez mais competitivo e dinâmico, aposte no conceito da pecuária de precisão e garanta a gestão ambiental de seu empreendimento rural. O protocolo Origem Premium pode se tornar um guia vantajoso para a eficácia de seu negócio. Invista em genética, busque o Programa Origem Premium. Para saber mais, entre em contato pelo e-mail: contato@origempremium.com.br

Leia mais:  Aprosoja alerta o produtor rural para evitar incêndio na colheita do milho

Comentários Facebook
publicidade

Agro News

Aprosoja-MT apresenta projetos de sustentabilidade em Fórum Nacional

Publicado


Fortalecimento Institucional

Aprosoja-MT apresenta projetos de sustentabilidade em Fórum Nacional

“Nós estamos preocupados com o clima no mundo, por isso precisamos fazer nossa parte”, declarou presidente da Aprosoja-MT, Fernando Cadore

30/11/2021

O fórum nacional: Planeta Campo, foi realizado em São Paulo, trazendo diversos temas relacionado ao baixo carbono. O presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Fernando Cadore, participou do painel “Baixo Carbono: O protagonismo da agricultura”.

“Nós estamos preocupados com o clima no mundo, por isso precisamos fazer nossa parte. Hoje 60% da ocupação de solo em Mato Grosso, são áreas preservadas em fazendas. Além disso, 95% das nascentes em propriedades rurais, estão em bom estado de conservação e algumas delas, intactas. Isso tudo influencia na diminuição do carbono no país”, destacou Cadore, em sua apresentação ao vivo no fórum.

Além disso, foram divulgados os programas Soja Legal, que tem como foco a sustentabilidade, preservação de recursos naturais e o suporte aos produtores rurais do estado, bem como o projeto Guardião das Águas, que é uma iniciativa desenvolvida com o objetivo de orientar e apoiar o produtor rural na manutenção, preservação e restauro de nascentes em propriedades rurais de Mato Grosso.

Leia mais:  Aprosoja-MT vai oferecer curso sobre "Qualidade de Vida no Trabalho"

O presidente da Aprosoja-MT falou também sobre as contribuições da produção de soja em Mato Grosso para uma agricultura de baixo carbono. Entre os destaques de sua apresentação, as diretrizes ambiental, social e de governança

Para o presidente da emissora do Canal Rural, Júlio Cargino, o agro é essencial para a neutralização de carbono. “Esse é o momento da sociedade se unir para discutir o assunto sustentabilidade. E o agronegócio tem papel fundamental nessa transformação, e já faz isso muito bem. O Brasil tem a maior área de cultivo sustentável do mundo, com mais de cinquenta milhões de hectares”, salientou Cargino.

O Fórum Nacional, foi promovido pelo Canal Rural, e transmitido ao vivo pelo Canal 500 da Net/Claro e pelo site da emissora.

Fonte: Augusto Camacho

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: comunicacao@aprosoja.com.br

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook
Continue lendo

Agro News

Presidente da Aprosoja-MT participará de fórum sobre baixo carbono

Publicado


Fortalecimento Institucional

Presidente da Aprosoja-MT participará de fórum sobre baixo carbono

O fórum Planeta Campo será realizado ao vivo no Canal Rural, terça-feira (30.11), as 11h (Horário de Brasília)

29/11/2021

Com o tema: “Baixo Carbono: O protagonismo da agricultura”, o fórum terá a participação do presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Fernando Cadore. O evento é organizado pelo Canal Rural e será transmitido nesta terça-feira (30.11), ás 11h (Horário de Brasília).

 O presidente da entidade vai falar sobre as contribuições da produção de soja em Mato Grosso para uma agricultura de baixo carbono. Entre os destaques de sua apresentação está as diretrizes ambiental, social e de governança.

Além disso, serão apresentados os programas Soja Legal, que tem como foco a sustentabilidade, preservação de recursos naturais e o suporte aos produtores rurais do estado e Guardião das Águas, que é uma iniciativa desenvolvida com o objetivo de orientar e apoiar o produtor rural na manutenção, preservação e restauro de nascentes em propriedades de Mato Grosso.

Leia mais:  Aprosoja alerta o produtor rural para evitar incêndio na colheita do milho

A transmissão será pelo Canal Rural, redes sociais e no canal 500 da Net Claro.

Fonte: Augusto Camacho

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: comunicacao@aprosoja.com.br

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook
Continue lendo

Agro News

Aprosoja-MT apoia atletas da Copa Mutum de Karatê

Publicado


Fortalecimento Institucional

Aprosoja-MT apoia atletas da Copa Mutum de Karatê

Participaram alunos de 4 a 40 anos, mostrando que não tem idade para a prática esportiva

16/11/2021

A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT) apoiou o grupo Seshin Karatê, na realização da 2ª Copa Mutum de Karatê. Ao todo 150 alunos participaram da competição. Estiveram presentes atletas de Cuiabá, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Sinop e Alta Floresta.

“A Copa Mutum começou em 2019, mas devido a pandemia, não conseguimos realizar a segunda etapa. Esse ano tivemos a oportunidade de organizar o evento que contou com a participação de centenas de atletas em diversas categorias”, explicou o sensei Selber Luiz.

Esse ano 15 apoiadores ajudaram financeiramente a realização do evento. “Gostaria de agradecer todos os patrocinadores que nos ajudam, tanto aqui, quanto fora do estado. Esse evento não seria realizado se não fosse a colaboração e incentivo das empresas e instituições”, frisou o sensei.

AgroSolidário

Através do Projeto “Soja é Esporte” do programa AgroSolidário, a Aprosoja-MT ajuda alunos do projeto “Formando atletas, transformando caráter” da Academia de Artes Marciais Seishin. Há cerca de dois anos, a entidade oferece ajuda no custeio de materiais essenciais e na aquisição de quimonos.

Leia mais:  Origem Premium: Raça Araguaia desenvolvida em Mato Grosso, ganha novos selecionadores pelo Brasil

Fonte: Augusto Camacho

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: comunicacao@aprosoja.com.br

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook
Continue lendo

BRABINHO OURO INFORMA

R$ 308,54

Peixoto de Azevedo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Política Nacional

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - REDE CENTRO NORTE DE COMUNICAÇÃO LTDA-ME - CNPJ: 34.052.986/0001-65 | Peixoto de Azevedo - MT
Desenvolvido por InfocoWeb - 66 9.99774262