Home » Manutenção de diálogo entre poderes dá o tom da abertura do ano legislativo

Manutenção de diálogo entre poderes dá o tom da abertura do ano legislativo

por Celso Ferreira Nery
manutencao-de-dialogo-entre-poderes-da-o-tom-da-abertura-do-ano-legislativo

A Câmara de Vereadores de Lucas do Rio Verde realizou na noite desta sexta-feira (02) a sessão de instalação do ano legislativo 2024. Os trabalhos contaram com as presenças dos 9 vereadores, do prefeito Miguel Vaz e da primeira dama e secretária de Assistência Social e Habitação Janice Ribeiro. A manutenção do diálogo entre Legislativo e Executivo foi citada em vários pronunciamentos durante os trabalhos.

Ao usar a Tribuna, o prefeito Miguel Vaz fez um apanhado das ações empreendidas ao longo dos últimos três anos, citando diversos avanços. Ele comentou que a harmonia entre os poderes mantida ao longo da gestão é importante para atender as demandas da comunidade. Vaz elogiou a eficiência do Poder Legislativo. “Marcante na história política do município. Estou muito satisfeito com essa sinergia, com essa sintonia entre o Poder Executivo e o Poder Legislativo porque quem ganha com isso é a sociedade luverdense”, pontuou.

Depois, os vereadores usaram a Tribuna, elencando realizações e projetando mais um ano de trabalho.

A presidente Sandra Barzotto também ressaltou a necessidade da harmonia entre os poderes, mesmo que haja discordância em determinados assuntos. Segundo ela, a população espera ações que ajudem no desenvolvimento do município e solução para problemas que surjam no dia a dia com as demandas sendo encaminhadas aos vereadores. “Um trabalho de muito diálogo e a gente espera que isso permaneça e continuarmos com a excelência dos trabalhos realizados pelo Legislativo até o presente momento”.

[Continua depois da Publicidade]

Sandra lembrou que este é um ano de eleições municipais e que por isso pediu aos colegas que mantenham a agenda de trabalho sem interferência externas. “O que a gente é que o Legislativo continue com essa harmonia, com essa serenidade, na condução dos trabalhos. Que as questões externas não atinjam tanto o trabalho que aqui é desenvolvido e realmente a gente preze pelo município, pela população, pelo serviço ao cidadão”, ressaltou.

Sessões legislativas

O único projeto da pauta foi aprovado por unanimidade com uma emenda apresentada em plenário. Ele estabelece o calendário de sessões do ano legislativo.

Ficou definido que serão realizadas quatro sessões ordinárias por mês, com exceção dos meses de julho e dezembro, em que há recesso e o número cai para três. As sessões serão realizadas às segundas-feiras, a partir das 8h.

Estão previstas ainda sessões solenes durante o ano. No dia 8 de março acontece uma sessão para entrega dos títulos de Mulher Destaque. No dia 11 do mesmo mês, será realizada uma sessão ordinária excepcional, às 19h, oportunidade em que serão entregues moções de aplausos e títulos de cidadãos honorários concedidos no ano passado. Já o dia 6 de novembro será reservado para a entrega dos títulos de cidadão honorário e moções de aplausos concedidos ao longo de 2024.

[Patrocinado]

Emenda aditiva apresentada pelo vereador Marcio Albieri permite que os parlamentares solicitem data individualizada ou em mais número de vereadores para realização de sessão solene para entrega de moções, títulos e outras homenagens. Neste caso, cabe ao propositor a definição da data em qualquer dia do ano, com as despesas custeadas pelo próprio parlamentar. A emenda foi aprovada com os votos contrários do vereador Daltro Figur e Ideiva Foletto.

você pode gostar