conecte-se conosco


Economia

Nome mudou para Auxílio Brasil porque produto é outro, diz Roma

Publicado


source
Nome mudou para Auxílio Brasil porque produto é outro, diz Roma
Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Nome mudou para Auxílio Brasil porque produto é outro, diz Roma

O ministro da Cidadania, João Roma, disse hoje (22) que o nome do programa Auxílio Brasil , que começou a ser pago 17 em substituição ao Bolsa Família, mudou porque o produto é outro, não se trata apenas de uma “mudança de embalagem”.

“Muda o conceito, muda todas as ferramentas que estão interligadas para poder cada vez mais ofertar ao cidadão a parceria do Estado brasileiro para que ele vá além, para que ele conquiste maior protagonismo na sociedade. O Auxílio Brasil interliga políticas públicas, chega fortalecido, chega para todos aqueles que eram beneficiários do Bolsa Família e vai além. Até dezembro queremos zerar a fila para beneficiar 17 milhões de famílias, que hoje são 14,5 milhões de famílias [beneficiadas]”, disse.

Roma foi entrevistado nesta segunda-feira no programa Sem Censura da TV Brasil e, além de apresentar mais detalhes sobre o Auxílio Brasil, também falou sobre outros temas como a tramitação da Proposta de Emenda à Constituição dos Precatórios no Senado (que, se aprovada, garantirá um benefício de R$ 400 às famílias atendidas pelo Auxílio Brasil em 20220) e sobre o programa Brasil Fraterno.

O Auxílio Brasil interliga nove benefícios e busca cada vez mais interligar políticas públicas. “O que motiva o Auxílio Brasil é poder fazer com que, através do programa social, essas famílias consigam alcançar mais qualidade de vida e mudar a realidade em que se encontram, para que o programa não seja exclusivamente uma estabilização, uma compensação do Estado para aquela situação, mas sim que ele apresente ferramentas para que cada um desses consiga superar suas limitações”, disse.

Como exemplo tanto dessa condição para superação da realidade dos beneficiários como de diferença em relação ao Bolsa Família, Roma citou o exemplo de uma pessoa que fosse contratada como motorista com carteira assinada. No Bolsa Família, segundo o ministro, essa pessoa perdia o benefício.

Leia mais:  Auxílio emergencial: Caixa paga benefício nesta segunda-feira; veja quem recebe

“Então gerava uma grande divisão na nossa sociedade, com pessoas muitas vezes dizendo que ‘Ah, essas pessoas não querem trabalhar, só querem ficar no Bolsa Famíla’, onde na verdade a pessoa tinha o programa social como uma garantia. No novo Auxílio Brasil, o que estamos ofertando é um suporte para aquela pessoa que conseguindo uma oportunidade de trabalho, conseguindo assinar sua carteira de trabalho, ela ainda vai ter um auxílio em cima, vai ter mais um benefício de R$ 200, e com isso a garantia de que caso ela perca o seu trabalho, ela esteja regressando ao benefício sem voltar à fila novamente”, disse.

Comentários Facebook
publicidade

Economia

McDonald’s responde Elon Musk após proposta sobre criptomoeda

Publicado

por


source
McDonald's responde Elon Musk após proposta sobre criptomoeda
Divulgação

McDonald’s responde Elon Musk após proposta sobre criptomoeda

Após Elon Musk afirmar em seu Twitter que comeria um McLanche Feliz na TV caso o McDonald’s aceitasse a criptomoeda Dogecoin como forma de pagamento, a rede de fast food fez uma contraproposta ao CEO da Tesla: “Só se a Tesla aceitar Grimacecoin”. A criptomoeda falsa faz referência ao Grimace, um dos mascotes do McDonald’s.

Tudo começou no dia 22 de janeiro, quando o presidente de El Salvador, Nayib Bukele, publicou uma foto em seu Twitter  com o “uniforme” da lanchonete. A piada veio após uma queda generalizada na cotação do Bitcoin, que foi adotado como a moeda oficial do país. No início desta semana, a criptomoeda chegou a despencar 12,43% – a US$ 33.435, o menor nível em seis meses.

Na segunda, o McDonald’s se rendeu à brincadeira e postou em suas redes sociais: “Como vão as pessoas que administram contas de criptos?”. Foi aí que Elon Musk, o garoto propaganda das criptomoedas, entrou em cena.

Leia mais:  Crise hídrica pode prejudicar retomada da economia, diz secretário de Guedes

Vale lembrar que, em El Salvador, a gigante de fast food já aceita Bitcoin como forma de pagamento. Além disso, cabe destacar que a criptomoeda já vem se recuperando desde ontem (25). Hoje, está sendo cotada a US$ 37.97.

Já a cotação da Dogecoin, citada por Musk, está em US$ 0,15. Criada em 2013 como um meme, ela é uma das mais valiosas no mercado.

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Gastos de turistas brasileiros no exterior são os menores desde 2005

Publicado

por


source
Gastos de turistas brasileiros no exterior são os menores desde 2005
Ricardo Syozi

Gastos de turistas brasileiros no exterior são os menores desde 2005

Os turistas brasileiros gastaram US$ 5,25 bilhões no exterior em 2021, informou o Banco Central nesta quarta-feira (26). O valor foi o mais baixo desde 2005, quando os gastos lá fora somaram US$ 4,72 bilhões.

As despesas foram 2,7% menores do que em 2020, quando ficaram em US$ 5,394 bilhões. Para efeito de comparação, em 2019, antes da pandemia, o volume foi de US$ 17,593 bilhões.

O resultado foi mais uma vez influenciado pelas medidas de contenção ao novo coronavírus, que levaram ao fechamento das fronteiras. Mesmo depois da abertura, as despesas não foram suficientes para compensar as perdas.

Em dezembro do ano passado, os brasileiros gastaram US$ 371 milhões em viagens internacionais, ante US$ 295 milhões do mesmo mês do ano anterior. Esse valor ainda é bem distante do registrado em dezembro pré-pandêmico, de US$ 1,497 bilhão.

Leia mais:  INSS: revisão da aposentadoria pode ficar para agosto, diz Iaprev

Outro fator que prejudica o turismo internacional é a alta do dólar. Em 2021, a moeda americana subiu 7,47%. Nesta quarta, a cotação está em R$ 5,44.

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Golpe do Guanabara: perfil falso oferece descontos de até 40%

Publicado

por


source
Fique atento: em outro anúncio, o falso perfil divulga um suposto cupom de descontoFique atento: em outro anúncio, o falso perfil divulga um suposto cupom de desconto
Reprodução / internet

Fique atento: em outro anúncio, o falso perfil divulga um suposto cupom de descontoFique atento: em outro anúncio, o falso perfil divulga um suposto cupom de desconto

Um perfil falso nas redes sociais vem anunciando um suposto cupom com 40% de desconto nos Supermercados Guanabara. Além disso, sugere que a empresa estaria contratando profissionais para as funções de gerente, caixa e estoquista, incentivando os interessados a entrar em contato via direct message. A rede, porém, faz uma alerta: os dois conteúdos são fake.

No caso do cupom, o falso perfil pede que o interessado informe nome e telefone com DDD para que o cadastro seja feito. É importante destacar que nunca se deve informar dados pessoais dessa forma pela internet, o que facilita a ação de criminosos. As informações podem ser usadas em fraudes bancárias, compras não autorizadas e acessos indevidos a aplicativos.

Os Supermercados Guanabara esclarecem que não enviam mensagens diretas oferecendo cupons de descontos, vales-compra ou sorteios. Também não solicitam dados pessoais.

A rede ainda ressalta que todas as suas páginas em redes sociais são verificadas e que inscrições para quaisquer oportunidades de emprego são gratuitas. Neste caso, somente podem ser feitas pelo site www.supermercadosguanabara.com.br.

Comentários Facebook
Continue lendo

BRABINHO OURO INFORMA

R$ 308,54

Peixoto de Azevedo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Política Nacional

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - REDE CENTRO NORTE DE COMUNICAÇÃO LTDA-ME - CNPJ: 34.052.986/0001-65 | Peixoto de Azevedo - MT
Desenvolvido por InfocoWeb - 66 9.99774262