conecte-se conosco


Cuiabá

Prefeito entrega carta de agradecimento a professor da FGV e embaixador cultural da Unesco que ajudou a estreitar laços com a Índia

Publicado


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, entregou  uma carta de agradecimento ao  professor da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EAESP) e embaixador honorário cultural da Unesco Club Sorbonne, Dr.Umesh Mukhi, pelo empenho  e participação de unir a cidade de Cuiabá e o país da Índia. A entrega foi realizada na sexta-feira, 17 de setembro.

No início do mês, o prefeito esteve na embaixada da Índia no Brasil para aprsentar ao embaixador Suresh Reddy, o projeto do parque da Paz-Mahatma Gandhi, a ser construído  no bairro Real Parque, região do Coxipó.  A reunião, realizada na Embaixada da Índia em Brasília e articulada pelo deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, o Emanuelzinho, e contou com a presença dos secretários de Turismo Oscarlino Alves e de Governo Luis Claudio Sodré e também o gestor do Centro de Inteligência de Desenvolvimento Sustentável de Cuiabá, ligado a Secretaria de Governo, Alex de Deus.
 
O projeto visa construir na grande área verde, uma  estátua no centro de um lago, galeria para informações e exposição permanente sobre Mahatma Gandhi, estátuas que contarão a história da Índia, espaço exclusivo para meditação e yoga. Além disso, irá valorizar a arborização do local.  
 

“Foi uma recepção de altíssimo nível. O embaixador  Suresh é um homem elegante, educado e acima da média. Me deixou à vontade para falar sobre o projeto Parque da Paz e outros assuntos ligados a Cuiabá. Por isso, quero dar essa carta de reconhecimento ao professor e Dr. da FGV, Umesh, por estreitar essa  relação  que está começando entre Cuiabá e índia. Agradeço com esse singelo ofício de agradecimento e reconhecimento pelo grande trabalho que nos proporcionou abrir as  portas  para essa relação com a Índia que é um país tão importante e emblemático”, comentou o prefeito. 

Leia mais:  Centro de saúde e SAE do Grande Terceiro realizam 'Dia D' de testagem de HIV, sífilis e Hepatites
Umesh Mukhi destaca que a ligação entre a cidade de Cuiabá e o seu país só  foi possível devido às semelhanças culturais detectadas. Cuiabá,  conforme ele, possui pessoas com características acolhedoras, de paz, união e de bondade. “Existem semelhanças entre as culturas entre o meu país e Cuiabá, e por ser professor eu consigo ter esse olhar. Esse projeto  do Parque da Paz terá a  capacidade de divulgar valores, porque é educativo. Não é só um projeto comercial , mas, é um projeto amplo e holístico que vai integrar a população cuiabana com a indiana. A Capital de Mato Grosso e os turistas que vierem para cá,  irão  conhecer  uma figura de não violência e vai dar inspiração para muitos. A Cultura indiana está ligada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis ODS, da ONU. Isso é forte e muito importante esta ligação com a ìndia”, disse ele. 
 
O professor Mukhi expressou interesse em criar uma parceria entre a Prefeitura de Cuiabá e a  Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EAESP) e deixou um convite para o prefeito palestrar como é administrar uma cidade com o potencial de Cuiabá. 
 
 
O gestor do Centro de Inteligência de Desenvolvimento Sustentável de Cuiabá, ligado a Secretaria de Governo, Alex de Deus, destaca que o país pretende doar duas estátuas para serem colocadas no Parque da Paz, sendo uma de Gandhi e outra a ser definida. “Umesh Mukhi, está nos ajudando neste projeto,  mantendo as relações com o país da Índia. E essas estátuas são de pessoas que representam a paz, a não violência. Cuiabá tem todas as características para ter um local que vai mostrar  a cultura Indiana por termos semelhanças dos nossos povos”, descreve. 
 
Jornalista e advogado, Mainard Freire Aragão, conclui que a  Capital cuiabana possui todos requisitos para que possuir ter um espaço que represente esse país que prega a paz.  “O perfil de Cuiabá e a Índia,  de ter povos que são acolhedores e  porque a gestão do Emanuel Pinheiro por ser uma gestão humanizada, foi possível e fácil de fazer essa união que irá  agregar valores entre as culturas desses dois povos”, finalizou. 

Leia mais:  Dados epidemiológicos apontam tendência de queda no risco de transmissão em Cuiabá

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

SUGESTÃO DE PAUTA – Emanuel entrega 7,9 km de pavimentação no bairro Jardim União

Publicado

por


Luiz Alves

Clique para ampliar

Fundado em 1996, o bairro Jardim União é mais um que vê o sonho da pavimentação realizado por meio do trabalho desenvolvido pela gestão Emanuel Pinheiro. Nesta quarta-feira (26), às 18h30, o chefe do Executivo municipal participa da solenidade de inauguração da obra que beneficia diretamente mais de 6 mil pessoas que habitam na comunidade. 

Incluído no programa Minha Rua Asfaltada, o Jardim União recebeu aproximadamente 7,9 quilômetros de asfalto novo, alcançando todas as vias do bairro. Além do revestimento com a massa asfáltica, as ruas também contam com a estrutura de rede de drenagem de águas pluviais, meio-fio, calçada e sinalização viária vertical e horizontal. 

A comunidade é uma das beneficiadas com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Todavia, ao assumir o comando da Prefeitura de Cuiabá em 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro encontrou os trabalhos nos local totalmente paralisados. Além de evitar a perda do investimento e retomar a obra, Pinheiro também foi responsável por ampliar a extensão, alcançando ruas que não eram contempladas no projeto original. 

Leia mais:  Equipe de saúde mental da Policlínica do Planalto promove ciclo de palestras sobre o suicídio

SERVIÇO

Assunto: Entrega de 7,9 km de pavimentação 

Local: Jardim União 

Horário: 18h30

Data: 26 de janeiro, quarta-feira 

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Vigilância Epidemiológica esgota estoque de 53 mil testes rápidos de Covid-19

Publicado

por


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa:

– Nesta quarta-feira (26), a Vigilância Epidemiológica da Capital não conta mais com estoque de kits para testagem rápida contra a covid-19. 

– Ao longo de janeiro, foram distribuídos mais de 53 mil kits, sendo 46.800 para as unidades básicas de saúde, que receberam a última remessa na terça-feira (25), que será utilizada até se esgotar; 

– Ainda não há previsão de quando o Município receberá nova remessa de kits por parte do Ministério da Saúde, que faz o repasse por meio do Estado;

– Diante disso, a SMS já está em fase de aquisição emergencial de 70 mil kits de testagem rápida de antígeno e aguarda a finalização do processo para posterior entrega por parte do fornecedor;

– A SMS conta com a compreensão dos usuários do SUS e destaca que não tem medido esforços para garantir a assistência necessária à população, continuando com as consultas para avaliação clínica e devidos encaminhamentos para o isolamento dos sintomáticos.

Leia mais:  "Uma história construída que não pode ser apagada", diz secretário sobre aprovação do nome de Vicente Vuolo para ferrovia estadual

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Em quase 4 meses, Ordem Pública atendeu 460 ocorrências sobre poluição sonora

Publicado

por


Davi Valle

Clique para ampliar

Fiscais da Secretaria de Ordem Pública (Sorp)  atenderam 460 ocorrências de poluição sonora entre os períodos de outubro de 2021 até 24 de janeiro deste ano. Para realizar uma denúncia sobre som alto ou qualquer barulho que perturbe o sossego, o cidadão deve ligar na central telefônica da Sorp no  número do Disque-Silêncio – (65) 99341-3000.  O horário de atendimento é de 22h às 3h – de quinta-feira a domingo. Outro número disponibilizado é o Disque-Denúncia – (65) 3616-9614 – que atende  ocorrências de poluição sonora em todos os dias da semana. 
Em outubro foram registrados 157  ocorrências; novembro 180; dezembro 82 e em janeiro  foram 41, totalizando – 460  ocorrências sobre perturbação ao sossego público, com ruídos, sons excessivos ou incômodos de qualquer natureza. Conforme os registros de ocorrência da Sorp, os bairros com maiores registros de ocorrências foram: Pedra 90 (20 ocorrências),  Grande Terceiro (17), Cidade Alta (15), quilombo (13),Tijucal (12), Boa Esperança (11), Jardim Europa e CPA IV (10), CPA III (9). Já outros bairros registram em média de 5 a 8 ocorrências. 

Os trabalhos no atendimento no Disque-Silêncio estavam suspensos devido a  pandemia  porque  as denúncias referentes às festas clandestinas, aglomerações e eventos com música, automaticamente se referem a poluição sonora. Os serviços do Disque-Silêncio foram retomados  no mês de outubro do ano passado.

Leia mais:  Vacinação de assistentes sociais mostra valorização da política social em Cuiabá

O secretário de Ordem Pública, Leovaldo Sales, alerta a população para que usem os canais de denúncia da Sorp. “Só assim, o poder público municipal poderá agir e autuar essas pessoas que descumprem a Lei Municipal nº 3.819/1999, sobre a perturbação ao sossego público, com ruídos, sons excessivos ou incômodos de qualquer natureza, seja ela por aparelhagem sonora de veículos automotivos e barulhos em residências. A fiscalização, nos casos pertinentes, aplicará medidas administrativas como suspensão da atividade, ou interdição quando se tratar de estabelecimento. Já em residências, caberá a imposição de multa diária de acordo com os enquadramentos de infrações previstas”, explica ele. 

A punição para quem infringir a lei, pode ser leve, para até 10 dB (dez decibéis) acima do limite, com multa de R$ 346,66. Grave, para mais de 10dB à 40 acima do limite, com multa no valor de R$ 693,24 ou gravíssima, com mais de 40dB acima do limite, a multa é no valor de R$ 2.079,73. Os valores variam de acordo com a quantidade de decibéis, acima do limite permitido.

Leia mais:  Palestra a servidores do Cuiabá Prev alerta sobre e prevenção ao suicídio em tempos de distanciamento

A denúncia feita pelo Disque-Silêncio pode ser de forma anônima ou ser protocolada formalmente na Secretaria. Já o limite de barulho permitido por lei é de até 55 dBA (sigla que mede o nível de ruído em vias públicas) em áreas residenciais, até 60 dBA em áreas comerciais e até 70 dBA em áreas industriais.

Comentários Facebook
Continue lendo

BRABINHO OURO INFORMA

R$ 308,54

Peixoto de Azevedo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Política Nacional

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - REDE CENTRO NORTE DE COMUNICAÇÃO LTDA-ME - CNPJ: 34.052.986/0001-65 | Peixoto de Azevedo - MT
Desenvolvido por InfocoWeb - 66 9.99774262