Home » Queda de temperatura modifica hábitos de luverdenses

Queda de temperatura modifica hábitos de luverdenses

por Celso Ferreira Nery
queda-de-temperatura-modifica-habitos-de-luverdenses

Acostumados com temperatura na faixa de 25 graus no início do dia, moradores de Lucas do Rio Verde tiveram que tirar os casacos do armário nesta quarta-feira (15). O dia amanheceu dublado, vento frio e com 18 graus de temperatura.

E a previsão para os próximos dias é de clima ameno. Segundo o site Climatempo, as temperaturas devem oscilar entre 19 e 35 graus ao longo de 15 dias.

Essa queda nos termômetros traz consigo mudanças de comportamento e a necessidade de cuidados especiais, especialmente para crianças e idosos.

Com a queda na temperatura é natural que as pessoas modifiquem seus hábitos diários. As roupas mais pesadas saem dos armários, os ambientes internos são aquecidos e as atividades ao ar livre são reduzidas. No entanto, além dessas adaptações, é fundamental estar atento a algumas precauções para garantir o bem-estar de todos, especialmente dos grupos mais vulneráveis.

[Continua depois da Publicidade]

Para as crianças, é essencial manter uma rotina de agasalho adequado. Além disso, é importante evitar exposição prolongada ao ar livre, principalmente durante as horas mais frias do dia. Em ambientes fechados, é recomendado manter uma temperatura amena e arejada, evitando o uso excessivo de aquecedores, que podem ressecar o ambiente e causar desconforto respiratório.

Já para os idosos, que são mais susceptíveis às mudanças bruscas de temperatura, os cuidados devem ser redobrados. Além de manter-se bem agasalhados, é fundamental garantir uma alimentação balanceada e a ingestão adequada de líquidos, mesmo nos dias mais frios. A prática de atividades físicas leves e a manutenção de uma rotina de sono regular também contribuem para a manutenção da saúde e do bem-estar nessa faixa etária.

Outro ponto importante a ser destacado é a prevenção de doenças respiratórias, que tendem a aumentar durante os períodos de clima mais ameno. Nesse sentido, é fundamental evitar ambientes fechados e aglomerados, manter uma boa higiene das mãos e, caso necessário, buscar a vacinação contra a gripe, que é especialmente recomendada para os grupos de risco.

você pode gostar