Home » Sesi abre 250 vagas para Educação de Jovens e Adultos

Sesi abre 250 vagas para Educação de Jovens e Adultos

por Jornalismo
sesi-abre-250-vagas-para-educacao-de-jovens-e-adultos

Várzea Grande

Curso é gratuito; interessados podem se inscrever até o dia 24/05. As aulas iniciam no dia 3 de junho e dão chance às pessoas de concluírem o Ensino Fundamental e Médio.

Publicado em

8 de maio de 2024

EDUCAÇÃO

Fotos: Divulgação

A unidade do Serviço Social da Indústria (Sesi MT) de Várzea Grande está com matrículas abertas para a Educação de Jovens e Adultos (EJA) para a segunda turma de 2024. Foram disponibilizadas 250 vagas à comunidade.  As matrículas podem ser feitas sem custo até o dia 24.05, e o início das aulas está agendado para o dia 03 de junho.

De acordo com o gerente da unidade, Luciana Brandão, a EJA oportuniza um futuro de sonhos e realizações para os jovens e adultos sem o diploma do ensino básico e vislumbram melhor colocação no mercado de trabalho. “Com a certificação de conclusão do ensino fundamental e médio os jovens e adultos podem fazer qualificações profissionalizantes ou faculdade, se desejarem”, pontua.

Luciana explica que as aulas são híbridas, com 80% da carga horária online e 20% presencial. Os encontros presenciais serão realizados uma vez por semana (conforme calendário do curso). Nos quatro dias da semana em que o aluno não está no Sesi, ele pode acessar a plataforma de estudos de onde quiser e no melhor horário.

“Utilizamos a metodologia do reconhecimento de saberes, que acelera o tempo de estudo com base nos conhecimentos prévios de cada aluno e tem um currículo organizado por competências. Com isso, a instituição pretende combater dois grandes problemas dos alunos da EJA: a terminalidade dos estudos dos jovens e a evasão escolar, que chega a 90% na rede pública”, afirma a gerente.

Documentos necessários

Para realizar a matrícula na EJA, os trabalhadores da indústria e dependentes precisam apresentar os seguintes documentos nas unidades do Sesi: cópia da Carteira de Identidade e da Carteira de Trabalho (página da foto, qualificação civil e contrato de trabalho), além do Histórico Escolar original. Para dependentes, é necessário apresentar também a Certidão de Nascimento ou Casamento.

Os demais interessados precisam apresentar a cópia da Carteira de Identidade, CPF, cópia do comprovante de residência e Histórico Escolar Original.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones da unidade do Sesi Várzea Grande: (65) 3685-2311 / (65) 2128-2056 (WhatsApp).

MT NOTÍCIAS

EDUCAÇÃO

Em 2024, programa Jovem Senador teve 6 vezes mais inscritos

Programa teve adesão de 279 professores de 237 escolas distribuídas nas 14 Diretorias Regionais de Educação. Foram produzidas 6.613 redações e o autor do melhor texto terá uma vivência legislativa em agosto, em Brasília

Publicados

2 dias atrás

em

6 de maio de 2024

Foto: Assessoria – Seduc-MT

O programa Jovem Senador 2024, desenvolvido em parceria entre a Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc) e o Senado Federal, despertou o interesse em 6.613 estudantes que se inscreveram e fizeram as redações para concorrer a uma vaga para representar o Estado. O número é seis vezes maior que no ano passado, quando 1.083 estudantes participaram.

Ao todo, segundo a Seduc, 24.570 estudantes da rede estadual de ensino foram impactados com essa iniciativa neste ano.

Com o tema ‘Os 200 Anos do Senado e os desafios para o futuro da democracia’, a ação envolveu 819 turmas de Ensino Médio e conta com adesão de 279 professores de 237 escolas distribuídas nas 14 Diretorias Regionais de Educação (DREs).

O processo de inscrição começou no dia 1º de fevereiro nas próprias escolas e agora vai para a etapa de seleção estadual. Os autores das melhores redações, um de cada unidade da federação, ganham uma viagem a Brasília, para participar da Semana de Vivência Legislativa, de 5 a 9 de agosto, simulando o papel de senadores e debatendo questões nacionais.

Na avaliação do secretário de Estado de Educação, Alan Porto, de 2023 para 2024 a participação dos estudantes e de escolas teve um aumento significativo. “No ano passado foram 103 escolas com 1.083 estudantes produzindo redações. Um crescimento considerável que reflete, a cada edição do programa, o bom desempenho do ensino e da aprendizagem em língua portuguesa nas escolas da rede estadual”.

Segundo Alan, o programa do Senado que em Mato Grosso tem a parceria da Seduc tem se mostrado um caminho para estimular a participação dos jovens na política. Em 2023, por exemplo, vários projetos que tiveram origem em sugestões dos jovens senadores foram aprovados pelo Senado. Entre eles está o que estabelece diretrizes para a educação básica em tempo integral.

Essas aprovações demonstram o impacto direto que os jovens podem ter sobre a legislação nacional, incentivando novos participantes a contribuir com suas visões para o futuro do país. Ao se inscreverem, os estudantes não só têm a chance de vivenciar o processo legislativo, mas também de influenciar ativamente as políticas nacionais.

Os vencedores e seus professores orientadores terão todas as despesas pagas para participar das simulações em Brasília.

A divulgação dos vencedores será feita até 21 de junho pela própria escola do estudante selecionado, em um evento-surpresa, estimulado pelo Senado em conjunto com a comunidade escolar.

No âmbito da Seduc, as ações relacionadas ao programa Jovem Senador são conduzidas pela Coordenação de Ensino Médio, que é ligada a Superintendência de Educação Básica (SUEB), da Secretaria-Adjunta de Gestão Educacional (SAGE).

Próximas etapas

Até 24/05/2024: Seleção da etapa estadual;

Até 05/06/2024: Seleção da etapa Senado Federal;

Até 21/06/2024: Anúncio dos vencedores de cada estado;

De 05 a 09/08/2024: Semana de Vivência Legislativa.

Clique AQUI e saiba mais sobre o evento.

você pode gostar