Home » Sinop é incluído em lista do ministério da igualdade racial devido a violência contra negros

Sinop é incluído em lista do ministério da igualdade racial devido a violência contra negros

por Rebeca Moraes
sinop-e-incluido-em-lista-do-ministerio-da-igualdade-racial-devido-a-violencia-contra-negros

Na sexta-feira (15), o município de Sinop, localizado a 503 km de Cuiabá, foi incluído na lista do Ministério da Igualdade Racial devido às altas violações dos direitos dos negros. Essa inclusão proporciona prioridade para receber investimentos visando fortalecer o conselho de igualdade racial local. Sinop acumula 4.690,40 pontos em uma escala na qual o valor máximo é de 10 mil pontos.

Na categoria de violação dos direitos dos negros, Sinop registra 1.950 pontos, enquanto a violação geral aos direitos humanos acumula 2.150 pontos. Isso significa que cerca de 90% das violações cometidas no município são direcionadas a pessoas negras.

Em 2022, a Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos (ONDH) registrou 34 denúncias e 276 violações contra pessoas pretas e pardas em Sinop. No mesmo ano, o município teve 163 denúncias e 934 violações de direitos humanos em geral.

Prioridade para Investimentos com o Pró-DH

Com base nesses dados, Sinop tornou-se um município prioritário para receber investimentos do Programa de Equipagem e de Modernização da Infraestrutura dos Órgãos (Pró-DH), classificado em 82º lugar no ranking. Nessa posição, a cidade está apta a receber doações de equipamentos essenciais, como veículos, computadores, impressoras, entre outros, para fortalecer o funcionamento dos conselhos de direito racial.

[Continua depois da Publicidade]

O município tem um prazo de 15 dias, contados a partir da data de inclusão na lista, para aceitar a doação de equipamentos e fortalecer o conselho de igualdade racial. Essa medida visa não apenas combater a violência contra negros, mas também promover a igualdade racial e a proteção dos direitos humanos em Sinop.

você pode gostar

Deixe um comentário