Home » Trecho do Portão do Inferno é bloqueado para obras de retaludamento na MT-251

Trecho do Portão do Inferno é bloqueado para obras de retaludamento na MT-251

por Rebeca Moraes
trecho-do-portao-do-inferno-e-bloqueado-para-obras-de-retaludamento-na-mt-251

Nesta terça-feira (14), um trecho crucial da rodovia MT-251, que conecta Cuiabá a Chapada dos Guimarães (MT), foi fechado para dar início a uma importante intervenção de infraestrutura. O Portão do Inferno, conhecido por sua paisagem imponente e desafiadora, será alvo de obras de retaludamento, destinadas a reforçar a segurança e a estabilidade da via.

De acordo com a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT), os bloqueios serão executados sob o esquema pare e siga, e os motoristas devem estar preparados para possíveis atrasos durante seus deslocamentos pela rodovia. A expectativa é que o tempo de espera possa ser estendido devido à natureza das obras em andamento.

O projeto em questão visa o corte de parte do paredão rochoso característico do Portão do Inferno, criando taludes que atuam como medidas preventivas contra deslizamentos de terra. Um engenheiro envolvido na iniciativa explicou que a remoção cuidadosa do maciço rochoso na curva do Portão do Inferno será crucial para a implementação desses taludes, proporcionando maior estabilidade à área e, consequentemente, à rodovia.

Os bloqueios intermitentes são necessários para garantir a segurança das equipes de trabalho e dos usuários da via. Em um esforço conjunto entre a Sinfra-MT e a empresa responsável pela obra, os dois sentidos da pista serão fechados por 20 minutos a cada hora, com previsão de trabalho das 7h às 18h. Durante esses períodos, espera-se que os motoristas enfrentem atrasos de 20 a 60 minutos, dependendo do momento de sua passagem.

[Continua depois da Publicidade]

Nos demais dias, o tráfego seguirá operando sob o sistema pare e siga, permitindo uma fluidez relativamente constante, mas ainda sujeita a eventuais interrupções conforme as necessidades da obra. A prioridade é assegurar a conclusão eficiente e segura dessas melhorias viárias que beneficiarão tanto os residentes locais quanto os visitantes que exploram as belezas naturais da região.

você pode gostar